Busca rápidaX

MANCHETES

Declarada morta em UPA de Cruz Alta, mulher é levada viva ao Hospital de Caridade de Ijuí

24 de abril de 2021

Um caso raro na área de saúde foi registrado em Cruz Alta. No dia 22 de abril, a dona de casa aposentada Maria Margarete dos Santos Jesus, 62 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município apresentando dificuldades. A equipe de saúde prestou atendimento, porém Maria foi declarada morta por volta de 14h02min. Após comunicar aos filhos que infelizmente a mãe havia morrido, a UPA entregou a Declaração de Óbito (DO) para uma filha registrar em cartório. No campo que indica o motivo que causou o óbito, constava a informação de “morte de causa desconhecida, tipo de morte ignorada”.

Um filho procurou a funerária, e tão logo a irmã chegou com a certidão de óbito registrada no cartório foram escolhidos o caixão, as flores e o local dos atos fúnebres. Maria seria velada na capela da Funerária Freitas e sepultada no cemitério municipal. Enquanto a filha de Maria buscava uma roupa para vestir na mãe, o carro fúnebre com dois agentes funerários partiu em busca do corpo. Quando chegaram a UPA, eles foram comunicados pelo porteiro que a paciente estava viva, e recebendo atendimento. “Nos pediram um contato para avisar a família, pois a UPA não estava conseguindo localizar os filhos”, conta Junior, proprietário da Funerária Freitas.

O caso chegou até a prefeita Paula Rubin Facco Librelotto (MDB), que é médica e já atendeu na UPA. “Entramos em contato com a empresa terceirizada que faz a gestão da UPA, para que preste os esclarecimentos. Será aberto um processo interno para avaliar o que aconteceu, para que as equipes mostrem os prontuários”, disse a prefeita.

Maria Margarete foi transferida com urgência para o Hospital de Caridade de Ijuí, onde passou por um cateterismo. Maria foi permanece internada na Unidade de Tratamento Intensivo do Coração, a UTI-COR, do HCI.

Fonte: Redação Integrada Rádio Cidade e Jornal O Alto Jacuí

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!