Busca rápidaX

MANCHETES

Escassez de matéria-prima e alto custo da produção são desafios para a indústria de máquinas agrícolas

3 de setembro de 2021

O crescimento da atividade industrial brasileira perdeu força em agosto, diante dos custos elevados de matérias-primas e da depreciação do real, bem como da menor expansão da produção, indicou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês). Apesar disso, a direção da Indústria de Máquinas Agrícolas de Ijuí, IMASA, com sede em Ijuí, viu uma ligeira melhora no mercado nos últimos meses.

Com uma filial instalada em Rondônia este ano, a indústria de máquinas agrícolas vendeu uma centena de equipamentos, com possibilidade de ampliação das vendas. Em entrevista à Rádio Progresso, o diretor-proprietário da IMASA, Jalmar Martel, disse que a falta de matéria-prima para a produção do maquinário e o consequente aumento nos custos, dificultam a expansão do mercado. “A escassez da matéria-prima fez com que o custo aumentasse. Alguns materiais estão custando o dobro do que custavam antes do início da pandemia, por exemplo. Outros triplicaram”, disse.

Apesar disso, Martel vê uma ligeira melhora no mercado. “Conseguimos vislumbrar um futuro melhor justamente porque estamos vendo o impulsionamento das vendas”. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.
error: Conteúdo protegido!