Busca rápidaX

MANCHETES

Golpe do Iphone: Ijuienses denunciam loja que prometia aparelhos com grande desconto

30 de julho de 2020
Foto: RPI

Um possível golpe de estelionato relacionado a venda de celulares da Apple (Iphone) está sendo investigado pela Polícia Civil de Ijuí. Isso porque, pelo menos seis pessoas já registraram na Delegacia boletins de ocorrência sobre a suspeita, aponta a PC.

Segundo consta nos registros, a loja “King Phone” se instalou em Ijuí, na rua 14 de Julho, ainda no mês passado. Na rede social Instagram, a loja anunciava a inauguração no dia 27 de junho. Após isso, promoções teriam chamado a atenção de muitos clientes: Iphone 11 de 64gb, por R$ 3.009,00, e Iphone SE por R$ 2.650,00. Os aparelhos em oferta, são vendido em lojas convencionais por cerca de R$ 5 mil e R$ 3,5 mil, respectivamente.

Segundo a própria empresa divulgava, a venda dos aparelhos funcionava sob encomenda, sendo que não havia celulares a pronta entrega. Em uma publicação, a loja afirma que “como temos os melhores preços em produtos Apple do Brasil, precisamos fazer essa logística de encomenda para repassar ao consumidor final o seu produto Apple com um bom preço”. O prazo para o cliente receber a compra era de 14 a 31 dias. As condições de pagamento oferecidas eram à vista (dinheiro, crédito e débito); até 10 vezes no cartão de crédito sem juros; 50% do valor pedido e 50% na entrega do aparelho. 

De acordo com informações colhidas pela reportagem da RPI com pessoas que observaram as ações, a loja fechou na semana passada, próximo ao dia de completar um mês de funcionamento. Toda a estrutura segue montada no endereço. Nos boletins de ocorrência as vítimas relatam que o prazo para receber o aparelho já esgotou e que não conseguem mais contato com a loja. A RPI tentou contato com o número informado na rede social, mas ninguém atendeu. A reportagem também foi até a loja na tarde de hoje, sendo que a mesma estava fechada.

Em um dos boletins de ocorrência que a RPI teve acesso, uma vítima relata que possui o conhecimento de que, pelo menos, outras 100 pessoas realizaram a compra de celulares. 

Segundo o titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, Delegado Maurício Posselt, as denúncias já foram despachadas para o serviço de investigação, que está apurando os fatos e busca identificar os responsáveis. Caso a fraude seja confirmada, o fato se configurará como crime de estelionato. 

O delegado ressalta que muitas pessoas realizaram o pagamento parcelado e no início do próximo mês terão debitada recém a primeira parcela da dívida. Por outro lado, outros já pagaram metade ou todo o valor do aparelho. 

Cuidados

O Delegado Maurício Posselt destaca alguns detalhes nos quais as pessoas precisam ficar atentas quando realizam compras.

  • Valor do aparelho muito abaixo do mercado. Sempre desconfiar se a promoção for muito atrativa;
  • Erros na descrição do produto;
  • Formas de pagamento. 

O titular também recomenda que pesquisas de preços sejam efetuadas em lojas convencionais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!