Busca rápidaX

MANCHETES

Meteorologista confirma que névoa em Ijuí é fumaça proveniente do Pantanal

2 de outubro de 2020

Em contato com a redação da Rádio Progresso de Ijuí, a meteorologista da Somar Meteorologia, Desiree Brandt, confirmou que a névoa vista na cidade de Ijuí e região é oriunda das queimadas no Pantanal. Além da fumaça, o ar tem nos últimos dias apresentado um odor de madeira queimada.

Isto tem ocorrido em virtude da direção dos ventos, que tem levado a fumaça das queimadas ocorridas na região centro-oeste do Brasil, para o sul do país, e também para a Argentina. O fenômeno tem deixado a lua com coloração alaranjada, e a luminosidade do sol mais fraca, com o céu ficando com um tom acinzentado. 

Especialistas alertam que, caso a fuligem desça para as camadas mais baixas da atmosfera, é preciso tomar cuidado para que não seja respirada, porque pode se instalar no pulmão e ser distribuída na corrente sanguínea. Em cenários mais graves, essa mesma fumaça pode até causar complicações respiratórias e cardiovasculares.

“Os contaminantes das queimadas estão circulando na atmosfera com as massas de ar. Então, ao chover, com certeza a água da chuva virá contaminada. Não tem muito o que discutir sobre isso”, explica o pesquisador do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Alberto Setzer, especialista em queimadas. Veja abaixo uma animação produzida pelo Inpe.

Curiosidade: a névoa pode ser seca ou úmida. A primeira é uma mistura de ar com poluição – sua umidade é sempre menor do que a dos outros fenômenos. Já a segunda, assim como o nevoeiro, acontece quando o ar quente e úmido entra em contato com uma superfície fria e se condensa até formar vapor. Ela tem umidade igual ou acima de 80%, forma-se geralmente em altitudes mais elevadas e tem uma visibilidade de 1 a 5 km. O nevoeiro apresenta umidade sempre acima de 90%, acontece no nível do chão e só permite enxergar a até 1 km. Quando a umidade relativa do ar apresenta valores abaixo de 80%, é o caso da nevoa seca. Ela normalmente está associada com a poeira, fumaça e outros poluentes, o que dá um aspecto de ar cinza ou opaco ao ar, o que é muito comum nas grandes cidades e metrópoles.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!