Busca rápidaX

MANCHETES

Secretário de Desenvolvimento Rural de Ijuí considera desesperador falta de água para animais em razão da estiagem

1 de maio de 2020

A estiagem que se estende na região de Ijuí, além de prejuízos econômicos na agricultura, causa aumento, a cada dia, da falta de água especialmente para animais. Em Ijuí, o secretário de Desenvolvimento Rural e vice-prefeito, Valdir Zardin, considera desesperador a falta de água para animais.

Segundo ele, há vertentes que secaram ou estão quase sem água, além de riachos na mesma situação. Açudes também secaram. Diante disso, se acumulam os pedidos na mencionada pasta para abertura de bebedouros na área rural a fim de atender os animais.

No entanto, segundo Zardin, há vários bebedouros que são abertos, mas dois a três dias depois voltam a secar. Além disso, em alguns locais, mesmo com escavação não se encontra água. Essa é a realidade de todo o interior de Ijuí e a prefeitura atende os produtores conforme as solicitações.

Já os poços artesianos registram pouca quantidade de água. Em Rincão dos Fabrim, Arroio das Antas, Alto da União e Linha Base Sul, por exemplo, poços comunitários secaram. O problema maior em Ijuí é na região Sul, onde choveu menos. Ontem à tarde, a responsável pela Defesa Civil de Ijuí, Sandra Martins, esteve no distrito de Alto da União.

Disse que o município avalia a possibilidade de disponibilizar um caminhão pipa a fim de abastecer com água as famílias onde poços já secaram. No momento, as famílias prestam auxílio umas às outras para não ficar sem água.

Sandra Martins observa que estão em organização projetos para perfuração de novos poços artesianos. Porém, nesse caso, a prefeitura ijuiense aguarda que o governo federal reconheça o decreto municipal de situação de emergência, devido à seca, para ajudar na implantação de novos poços.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí. Imagem ilustrativa.