Busca rápidaX

Vereadores de Entre-Ijuís aprovam redução de salário e Presidente afirma que proposta “é bonita no papel”

16 de julho de 2019

A Câmara de Vereadores do município de Entre-Ijuís aprovou na sessão de segunda-feira (15) o Projeto de Lei nº 9887/19, que reduz os subsídios dos edis para a próxima legislatura, de 2021 à 2024. Atualmente, o vereador ganha R$ 5.020 mil e, segundo a proposta aprovada, o valor será reduzido para R$ 4.500 mil.

De acordo com o presidente do Poder Legislativo do município, Vereador Gilmar Demezuk (MDB), a redução não trará economia aos cofres públicos. “Esta proposta é bonita no papel, mas isso não significa que vai ocorrer redução, pois quando os vereadores assumir em 2021 já haverá uma reposição que aumentará o valor novamente”, ressalta.

O presidente enfatiza ainda que, para que haja uma economia significativa, teria que reduzir pelo menos 50% dos salário. “Eu e os demais vereadores do MDB sugerimos uma redução de 50%, onde o salário ficaria em torno de R$ 2.500 mil, mas ninguém aceitou”, detalha.

Conforme o Presidente, a proposta poderia ter sido segurada na mesa diretora, mas a pressão por encaminhá-la ao plenário falou mais alto neste caso. Demezuk salienta que o projeto chama a atenção, porém na prática nada mudará, visto o reajuste anual concedido pelo legislativo. “Em 2021 os vencimentos dos vereadores estarão no mesmo patamar que é hoje”, afirma o presidente.

A Câmara Municipal de Entre-Ijuís paga hoje, como vencimentos, o teto constitucional que um município deste porte pode alcançar. Como não seria possível um reajuste nestes salários, os vereadores optaram em reduzir os vencimentos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!