Busca rápidaX

207 propriedades da região já aderiram ao processo de irrigação para reduzir custo do leite, diz Emater

18 de janeiro de 2019
Imagem: reprodução/internet

Com um decréscimo recorrente ao valor pago pelo litro do leite aos produtores rurais, 31 município da região, contabilizando 207 propriedades, já aderiram ao processo de irrigação. Os dados são da Emater/RS. 

Segundo o médico Veterinário da Emater/RS, Oldemar Weiller, a técnica de irrigação faz com que o produtor produza forrageira e pasto com mais qualidade e produtividade, o que, automaticamente, reduzirá os custos com a utilização de alimentos conservados. A tendência, com o uso desta técnica, é de um aumento de  25 a 30% da produção leiteira, ou seja, uma média de 25 – 30 mil litros de leite por hectare.

Contudo, o processo de implantação deste sistema nem sempre é muito fácil. Weiller destaca que é necessário realizar o melhoramento do solo, manejar os animais de maneira mais adequada para que, posteriormente, o produtor possa pensar nessa possibilidade. Outro ponto que precisa ser levado em conta é o investimento, o qual varia de acordo com o sistema e tecnologia que o produtor deseja implantar. A Emater destaque que, no mínimo, o custo inicial seria de R$ 5 mil.

O médico veterinário também ressalta que o órgão trabalha incentivando o uso da irrigação, porém é necessário avaliar caso a caso. Aos interessados em implantar esta tecnologia podem procurar os escritórios municipais da Emater. Um técnico responsável acompanha o produtor, faz uma análise da viabilidade e identifica se há disponibilidade de água na propriedade. Ao verificar que tudo está dentro do previsto, a Emater auxilia o produtor na implantação da rede de irrigação.

Atualmente, o litro de leite pago ao produtor rural gira em média de R$0,80 à R$ 1,10. Weiller afirma que a boa notícia é a de que os preços tendem a subir.

Compartilhar
  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    29
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!