Busca rápidaX

MANCHETES

21 casos de toxoplasmose são confirmados em Santa Maria

21 de abril de 2018

A Secretaria de Saúde de Santa Maria divulgou, na noite desta sexta-feira, balanço sobre o surto de toxoplasmose no municipio. Até o momento, dos 156 casos suspeitos, 72 amostras foram coletadas e 21 pacientes tiveram a doença confirmada.

Conforme a secretaria, entre os doentes estão sete gestantes. A doença pode causar problemas de desenvolvimento fetal. Quatro casos foram descartados 47 aguardam resultado. No Hospital Universitário de Santa Maria, dos 36 casos notificados, 12 deram positivo. Segundo a Assessoria de Imprensa do Hospital, os exames foram realizados no laboratório da própria instituição. Dos 12 casos, sete são de Santa Maria e os demais de cidades da região centro.

De acordo com o prefeito Jorge Pozzobom e a secretária de Saúde, Liliane Duarte, todas as medidas de investigação, prevenção e controle estão sendo adotadas no município. O chefe do Executivo ressaltou que, na segunda-feira estará em Porto Alegre para tratar deste assunto com o secretário Estadual da Saúde, Francisco Zancan Paz. Na terça, ele abordará o assunto em Brasília, em reunião no Ministério da Saúde com a presença do deputado federal Osmar Terra. Uma força-tarefa foi formada no município para iniciar o processo de investigação das causas do surto.

Embora seja geralmente assintomática, a doença pode evoluir para manifestações sistêmicas graves – daí a necessidade de cuidados e controle. Os felinos, especialmente gatos, são os principais hospedeiros do vírus e, suas fezes, a principal fonte de contaminação. Os sintomas incluem febre, dor muscular, gânglios inchados no pescoço e na nuca, manchas avermelhadas no corpo e aumento do fígado e do baço. O tratamento é feito com antibióticos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!