Busca rápidaX

MANCHETES

A cada dez ligações, seis são trote, afirma Coordenador do SAMU

12 de novembro de 2019

A regulação médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que passara a ser feita em Santa Maria, e não mais em Porto Alegre, começou nesta semana. A medida agiliza e qualifica o atendimento. O serviço médico será realizado diariamente, das 7 às 19h. Nos demais horários, a regulação ocorre em Porto Alegre.
Em entrevista à Rádio Progresso, o coordenador do SAMU unidade Ijuí, enfermeiro Edgar Mói, disse que se o município seguisse o exemplo de Santa Maria, sem dúvida melhoraria a agilidade no atendimento.

Segundo o coordenador, hoje o tempo de espera até que a ligação seja encaminhada à central de Ijuí varia muito de acordo com os horários, já que os comerciais registram maior movimento, principalmente das 11h30 às 13h30, quando aumenta o fluxo de veículos. É neste horário também que aumenta o número de trotes, que ainda totalizam 60 % das ligações ao SAMU. “Os trotes atrapalham muito nosso trabalho, na medida em que a Central em POA perde muito tempo fazendo perguntas para identificar se realmente a ligação é verdadeira ou é só mais um trote” afirma o Coordenador.

Em algumas situações, o tempo de espera no atendimento até que a chamada seja encaminhada à Ijuí é entre 03 e 05 minutos, em outros casos pode chegar aos 15 minutos.

Em Ijuí, o Samu opera com duas modalidades: o básico, que atende somente casos do município e o avançado, que atua em casos de alta complexidade, ou seja, quando o paciente necessita de UTI móvel. Este presta suporte também aos 17 municípios conveniados a Ijuí.

Questionado sobre o valor que as Prefeituras investem ao SAMU, o enfermeiro Edgar Mói afirma que cada município conveniado paga 23 centavos por habitante, o que não é suficiente para cobrir todas as despesas do Serviço. Por isso, o SAMU recebe também ajuda do Estado e União. O restante é complementado pelo Poder Executivo de Ijuí, que destina cerca de 80 mil por mês ao Serviço Móvel.

Atualmente, Ijuí conta com três ambulâncias, uma de suporte básico- com menos equipamentos, uma de suporte avançado, além da ambulância reserva, preparada para substituir caso algum problema ocorra com as outras duas.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!