Busca rápidaX

MANCHETES

“A Corsan abre buracos e nossos carros são rolos compactadores”, lamenta Pompeo

22 de setembro de 2021

O vereador Matheus Pompeo (PDT) teceu duras críticas à Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Em entrevista à RPI no programa Rádio Ligado, o vereador lamentou a abertura de valas e o fechamento inadequado após as obras.

Segundo ele, inúmeros munícipes fizeram queixas. Ele cita problemas nas ruas José Carlos dos Santos, no bairro Storch; Ernesto Mutzel Filho, esquina com Ladislau Boleman; Bernardo Gressler (trecho entre a Rua São Boaventura até praça no Bairro Elizabeth); 12 de outubro (abaulamento); Pedro Thostemberg, Assis Brasil; Pernambuco, Assis Brasil;Tenente Ananias Rodrigues no Bairro São José; e na Rua do comércio esquina com Guilherme Timm;

“Hoje, a Corsan opta pela compactação natural. É aberta a valeta para asubstituição dos canos e colocada a estrutura de terra e pó de pedra para fazer o fechamento. Quando chega até o topo, ou é deixado um “montinho” que tu passa em um quebra-mola de barro ou deixado abaixo do nível, ficando uma valeta para você bater com o seu carro. Isso acontece por meses. A compactação natural funciona assim, o cidadão de Ijuí quando compra um veículo não está comprando um carro, e sim um rolo compactador para socar terra dos buracos da Corsan.”, afirma o vereador.

O vereador ainda disse que a privatização é uma estratégia ruim do Governo do Estado. “Pela leitura que faço, o problema não é da administração municipal. O problema é o péssimo serviço prestado pela empresa terceirizada da Corsan. Fala-se tanto em privatizar a Corsan,mas ela já está privatizada há muito tempo. Se for ver, o próprio corte do cancelamento de água é terceirizado. A abertura e fechamento de valas também é privatizado. Então, se privatizar fosse a solução, o serviço já deveria estar sendo bem executado”, finalizou.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!