Busca rápidaX

A média no preço de seguros para os 10 carros mais vendidos no Brasil foi de R$ 2.364

28 de julho de 2021

Na hora de comprar um veículo são muitos os fatores a serem levados em conta. É claro que gostar do modelo é um dos primeiros que as pessoas consideram, assim como contar com o dinheiro ou o financiamento para poder adquiri-lo, mas existem outros aspectos que vão influenciar no orçamento e que são igualmente importantes como conhecer o consumo de combustível ou o valor da mensalidade do seguro de carro.

Acontece que, algumas vezes, a pessoa pode ter o dinheiro disponível para comprar o modelo desejado (por anos de poupança, receber uma herança, fazer um bom negócio), mas no dia a dia pode não ter a capacidade para suportar os custos dele.

Então, será que os carros mais vendidos no país contam com os valores mais convenientes para o seguro deles? Olhando no mês de maio, o pódio foi liderado por Fiat, com os modelos Argo e Mobi, seguidos por SUVs compactos e médios como o Hyundai Creta e o Jeep Compass. Já no mês passado a Fiat continuou liderando, mas agora com a picape Strada, aparecendo também o Jeep Renegade completando o top 5. No top 10 também aparecem o Renault Kwid, Fiat Cronos, Volkswagen Gol e o Toyota Corolla.

Isso não quer dizer que os seguros desses carros sejam os mais económicos. Por exemplo, o Jeep Renegade e o Hyundai Creta não costumam oferecer valores acessíveis nas apólices, como mostra um levantamento feito pela corretora Minuto Seguros, que pesquisou o valor dos seguros dos 10 carros mais vendidos no Brasil, para homens e mulheres em 11 capitais.

A mudança no valor da apólice muda pode mudar muito dependendo do carro, e de outros fatores, inclusive ter uma variação de até R$3.268 como no caso do Chevrolet Tracker, ainda com problemas para normalizar a sua produção, o que faz com que os emplacamentos continuem fracos, ficando na 41° posição. Já o seguro de Jeep Compass para homens pode chegar a custar R$ 6 mil.

Fora dos modelos, existem fatores que fazem com que os valores sejam diferentes. Um exemplo é a locação do veículo. Segundo a pesquisa, os cariocas pagam mais caro pela apólice do seu carro, ou seja, dos dez modelos apurados, nove deles apresentam valores maiores na capital do estado. Se orientado ao público masculino, a cobertura do Compass sobe para R$6.196. O panorama não muda muito no caso das mulheres, nove dos dez carros inclusos no levantamento têm apólices mais caras no Rio de Janeiro. 

Pelo contrário, tanto para homens quanto para mulheres, em Florianópolis está o seguro mais barato entre os estados analisados. Clientes do sexo feminino pagam R$962 pela protecao do Kwid, já em Porto Alegre está o menor preco de seguro entre os 10 carros mais vendidos: a cobertura pelo Srgo para mulheres por R$772,29.

Fazendo uma estimação dos valores de seguro dos 10 carros mais vendidos, nas diversas capitais estaduais, o valor médio em maio foi de R$2.364 para os homens (6,2% menos do que o registrado em abril), e de R$ 2.109 para as mulheres (9,7% a mais se comparado com o mês anterior).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!