Busca rápidaX

ACATA enfrenta dificuldades com a separação de resíduos em Ijuí

4 de outubro de 2019
Lígia trabalha há 18 anos como catadora

Há 18 anos, Lígia Raquel Silva do Canto trabalha diariamente em uma das associações de catadores do município de Ijuí. A trabalhadora afirmou, em entrevista à equipe de reportagem da RPI, que o maior problema enfrentado é a elevada quantidade de resíduos orgânicos que vem mesclado ao material reciclável. Ela relatou que, inclusive, animais mortos chegam junto aos resíduos.

Um projeto, idealizado pela Unijuí em parceria com a Prefeitura de Ijuí, será implementado no município em 2020. O objetivo é iniciar a conscientização referente a correta separação de resíduos, nos órgãos públicos municipais, para, posteriormente, ampliar as ações para a comunidade. Uma das metas do projeto em questão, é a confecção de um aplicativo que vai orientar a população quanto aos materiais corretos a serem descartados, bem como, disponibilizar um espaço de denúncia para locais de descarte incorreto.

A iniciativa está gerando otimismo nos catadores, que tem toda sua renda dependente da comercialização dos materiais recicláveis. A esperança é que, através da educação ambiental, a função exercida por esses profissionais receba a devida valorização.

Confira entrevista completa com a Lígia, que foi ao ar no programa Rádio Ligado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!