Busca rápidaX

MANCHETES

ACI e Sindilojas de Ijuí se posicionam contra turno único no comércio

2 de julho de 2020

A Associação Comercial e Industrial e o Sindilojas de Ijuí se posicionaram contra o turno único de funcionamento do comércio, determinado pela prefeitura a partir de hoje, 02, em razão da Covid-19. 

Segundo o presidente da ACI, Nilo Leal da Silva, os empresários entendem que isso vai gerar ainda mais aglomeração de pessoas no comércio, por ser um horário mais restrito de atendimento dos estabelecimentos. Além disso, vai provocar dificuldade de controle de clientes dentro das empresas e tendência de maior dificuldade financeira para alguns segmentos empresariais. 

Ontem, ACI e Sindilojas repassaram ofício para a prefeitura com algumas sugestões, dentre elas, a imposição de multa para as pessoas que descumprirem as regras de segurança contra a Covid-19, além do aumento de horário de funcionamento das instituições bancárias.

Leia o ofício da ACI e Sindilojas com sugestões para a prefeitura sobre medidas contra a Covid-19

Decreto da prefeitura de Ijuí

Para tentar evitar aglomerações de pessoas e conter o avanço da Covid-19, passa a vigorar hoje em Ijuí novo decreto da prefeitura, com novas restrições. As medidas foram publicadas ontem à noite. A administração municipal realizou ajustes em algumas regras, a fim de atender solicitação da Associação Comercial e Industrial e do Sindicato do Comércio Varejista de Ijuí, o Sindilojas.

O novo decreto vai vigorar de hoje até a próxima segunda-feira. Segundo o prefeito, Valdir Heck, agora é preciso aguardar a nova rodada do distanciamento controlado do governo estadual, para saber qual bandeira vai ser indicada para a região 13, que inclui o município de Ijuí.

O resultado preliminar será divulgado amanhã. Nesta semana, a região está com bandeira laranja e se for para a bandeira vermelha, aí haverá fechamento do comércio a partir da próxima terça-feira. Caso contrário o atual decreto da prefeitura de Ijuí poderá ser reavaliado.

O novo decreto em Ijuí determina que hoje vai começar o recolhimento programado, ou toque de recolher, que valerá das 22 horas às 4 horas do dia posterior. Nesse período só poderão circular em vias públicas as pessoas que trabalham ou em casos de extrema necessidade, por exemplo, para atendimento de saúde.

Além disso, haverá restrição para as empresas e estabelecimentos de ensino, inclusive quem presta serviços essenciais. Hoje, amanhã e na próxima segunda-feira esses estabelecimentos poderão atender o público apenas do meio-dia às 18 horas.

Sábado o horário vai ser das 8 horas ao meio-dia, com fechamento à tarde. Domingo o funcionamento vai ser suspenso. Entram nessa regra, por exemplo, as lojas, segmento varejista em geral, além das lotéricas.

Já supermercados, padarias e demais estabelecimentos do setor alimentício de Ijuí poderão atuar apenas entre 10 e 20 horas, exceto domingo, quando precisarão ficar fechados. Os estabelecimentos de serviços, por sua vez, a partir de hoje funcionam do meio-dia às 21 horas. Domingo também estarão fechados.

Os restaurantes e afins, exceto os localizados nas rodovias estaduais e federais, hoje amanhã e segunda-feira estão autorizados a funcionar das 11 às 14 horas e das 19 às 22 horas, com serviço de tele-entrega até às 22 horas. Sábado e domingo, apenas entre 11 e 14 horas, com serviço de tele-entrega até às 22.

Já as igrejas e demais estabelecimentos religiosos de Ijuí têm possibilidade de atuar apenas entre 14 e 20 horas. O transporte coletivo urbano da Medianeira, hoje e amanhã, circula entre 6 horas e 8 e 30 e das 11 às 20 horas e 30 minutos. Sábado os ônibus poderão transitar entre 6 e 8 e 30, das 11 às 14, e entre 17 e 20 horas e 30 minutos. Domingo não haverá transporte coletivo urbano em Ijuí.

O horário de funcionamento dos postos de combustíveis deve observar alteração que já tinha ocorrido, portanto, com horários que já vigoram. Ficam fora dos horários mencionados, ou seja, o decreto ijuiense não se aplica para farmácias, concessionárias de energia elétrica, Corsan, hotéis e similares, estação rodoviária, transporte individual, hospitais, além de serviços de urgência e emergência à saúde. Também poderão atuar em outros horários, as clínicas médicas e odontológicas, laboratórios clínicos, construção civil, indústria e cartórios extrajudiciais.

E a prefeitura de Ijuí, a partir de hoje, vai trabalhar em turno único, do meio-dia às 18 horas, também a partir do novo decreto, em razão da Covid-19. Porém, excepcionalmente hoje, os ambulatórios terão horário normal, ou seja, pela manhã e tarde, visto os agendamentos existentes. A partir de amanhã poderá ocorrer mudança. A Cozinha Comunitária, por sua vez, vai seguir com o horário tradicional de atendimento.

Agência do Sine de Ijuí, por sua vez, até segunda-feira, vai atender o público apenas das 13 às 17 horas, por exemplo, para encaminhamento de vagas de emprego e seguro desemprego. Já as agências bancárias seguirão com serviços no horário habitual, pois são regradas por legislação estadual ou federal.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí