Busca rápidaX

MANCHETES

Acusado de matar policial rodoviário em Cruz Alta tinha pena de mais de 40 anos a serem cumpridos

19 de setembro de 2017

Levado hoje à Penitenciária Modulada de Ijuí, Leomar Rempel, 34 anos. Ele é acusado de matar o policial rodoviário estadual, Náurio Adão Garcia Viana, dia 21 de agosto, em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual de Cruz Alta na ERS 342, enquanto fugia com um carro roubado em Santo Ângelo. Rempel foi preso na manhã desta terça-feira pela Brigada Militar num mato nas proximidades da BR 285, em Bozano, logo após cometer assalto no escritório da Emater daquele município.

Na ocasião, com uma pistola calibre 380 e capuz, abordou quem estava no local, trancou no banheiro e levou quase mil e 100 reais em dinheiro. Após, ao ser detido, reagiu contra a guarnição da BM. Com Leomar foram encontrados, além do dinheiro do roubo, a arma, vasta munição, chave de fenda, nove lacres plásticos, fitas adesivas, coldre e uma bucha de maconha pesando dois vírgula 30 gramas.

Leomar Rempel, 34 anos, também conhecido por  “Alemão”, acusado de matar o policial rodoviário estadual, Náurio Adão Garcia Vianna, em Cruz Alta, é natural de Panambi e antes da acusação de homicídio e do roubo em Santo Ângelo e Bozano, tinha pena a cumprir de 46 anos de reclusão por assalto, receptação e extorsão. 

Em relação ao delito em Bozano, hoje, ele pode responder também por lesão corporal, posse de drogas, resistência, posse de arma sem origem, além do roubo. Rempel estava foragido do Instituto Penal de Ijuí. Ao ser ouvido na delegacia de Ijuí, disse que só falaria em Juízo. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!