Busca rápidaX

MANCHETES

Agricultores retomam plantio da soja após chuvas, mas umidade é insuficiente para o milho em Ijuí

26 de novembro de 2021

Agricultores de Ijuí e região retomam o plantio da soja, após as chuvas registradas ontem e nas últimas horas. O extensionista da Emater, em Ijuí, Edewin Bernich, comenta que onde choveu cerca de 30 milímetros, há umidade para dois a quatro dias de cultivo da oleaginosa, até porque o solo estava bastante seco, visto longo período sem precipitação climática. Além disso, a chuva ajuda a germinar os grãos que já estão na terra, porém, pode haver necessidade de replantio em algumas áreas.

Conforme relato de ouvintes da RPI, a média de chuva das últimas horas ficou entre 20 e 40 milímetros. Em Ijuí foram entre 25 e 35 milímetros de chuva; Saltinho e Santa Lúcia, interior de Bozano, entre 35 e 40; Tupanciretã, 20; Catuípe, de 30 a pouco mais de 40; Jóia, entre 17 e 30; e Nova Ramada cerca de 30 milímetros.

Sobre o milho, Edewin Bernich observa que existem perdas que não podem ser mais recuperadas, devido ao período de estiagem. Ele acredita que no momento e quebra média na produção de milho em Ijuí está em 50%, mas algumas áreas têm perda total. Inclusive, a Emater já registra procura de produtores ijuienses por Proagro.

Bernich alerta, especialmente, quanto à produção leiteira, pois ano passado ocorreram perdas no milho por falta de chuva e pelo inseto cigarinha, esse ano teve granizo e agora novamente falta de umidade. Por isso, a produção de silagem sofre grandes prejuízos, consequentemente, problemas para alimentação da bovinocultura leiteira.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!