Busca rápidaX

Agricultura familiar da Expo-Ijuí/Fenadi 2019 tem queda de comercialização num comparativo com ano passado

22 de outubro de 2019

O setor da agricultura familiar, durante a Expo-Ijuí/Fenadi deste ano, que terminou domingo, registrou comercialização de aproximadamente 250 mil reais. O valor representa as vendas efetuadas por parte das 29 agroindústrias presentes.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski, em âmbito geral as vendas ficaram menores que a Expo/Fenadi de 2018. Uma das explicações é que neste ano houve um dia de feira a menos, além de que os feriados do Dia dos Crianças e de aniversário de Ijuí caíram em sábados e não em dias de semana, o que poderia levar mais gente para o parque ijuiense.

Karlinski destacou que nos últimos dois dias da Expo/Fenadi, ou seja, sábado e domingo passados, houve bom movimento de comercialização pelas agroindústrias. Passada a Expo-Ijuí/Fenadi deste ano, novamente surgiu a discussão da necessidade de maior local para a agricultura familiar, pois o atual prédio, no parque Wanderley Burmann, tem capacidade para 29 agrindústrias, porém, nesse ano, houve 56 agroindústrias inscritas.

Existe ideia da Associação Comercial e Industrial de Ijuí de construir um prédio de dois pisos defronte a Casa Italiana, cujo pedido foi entregue para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, durante visita do representante do governo federal, sexta-feira passada, em Ijuí. A sugestão é que a parte térrea do prédio fique para a agricultura familiar, com maior espaço do que o atual local, e o segundo piso para eventos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!