Busca rápidaX

Agricultura familiar está fazendo sua parte para Brasil sair da crise, segundo Fetag

29 de agosto de 2016
Pela primeira vez na história da Expointer a inauguração oficial aconteceu no primeiro dia da feira, ao contrário do sétimo dia, como em todas as edições anteriores. A cerimônia iniciou pontualmente às 10h30min, mas os discursos só terminaram após as 13h. A linha geral foi a mesma: todos estão conscientes das dificuldades que o Brasil enfrenta e a saída parece ser uma só: cada um fazer a sua parte. E a agricultura familiar está fazendo, garantiu o presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, que falou na abertura.
 
O ministro Eliseu Padilha representou o presidente em exercício, Michel Temer, Blairo Maggi, ministro da Agricultura, Ronaldo Nogueira, ministro do Trabalho, os secretários Ernani Polo, da Agricultura, e Tarcísio Minetto, do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, além do governador José Ivo Sartori. O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, disse que Blairo Maggi conhece a agricultura como ninguém e agora é o momento para avançar nas políticas públicas, caso contrário se perderá uma oportunidade de ouro.

Joel fez questão de frisar que José Ricardo Roseno, com status de ministro do Ministério do Desenvolvimento Agrário, esteve duas vezes na FETAG, com sua equipe, e há avanços no crédito fundiário. O resultado desses encontros foi entregue por Joel ao ministro Padilha e ao próprio Roseno logo após a cerimônia, na Casa da FETAG.

Joel aproveitou a abertura oficial da Expointer para reforçar que o momento é para avançar. “A agricultura patronal e a familiar são uma só, mas com necessidades diferentes. E pediu que ao contrário de um Plano Safra a cada ano, seja construída com o setor uma política agrícola planejada e que traga segurança ao homem do campo”, justificou.
Se a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos produzidos no Brasil, continuou, ele espera que o ministro Padilha confirme a volta do MDA em setembro. E antes de encerrar sua fala, que durou exatos 11minutos e 24 segundos, o dirigente defendeu que não seja mexida na idade da aposentadoria e, inclusive, lembrou que os rurais contribuem com a Previdência Social e não são os responsáveis pelo rombo que está aí.
 
A FETAG é copromotora da Expointer desde 1999, quando os portões do Parque Assis Brasil, em Esteio, foram abertos para a agricultura familiar. De lá para cá, os agricultores familiares se consolidaram nesta que é a maior feira a céu aberto da América Latina. Na 39ª edição, a FETAG, os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e com o apoio da Emater organizaram 180 empreendimentos, de um total de 227, para participar da 18ª Feira da Agricultura Familiar, que começa amanhã (27) e vai até o domingo, 4 de setembro.
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comentários estão desativados.

Peugeot Champs Elysées
Estude Medicina na Argentina

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!