Busca rápidaX

Albergue de Santiago abre mais 30 vagas na reforma feita com mão de obra prisional

21 de junho de 2017

O albergue estadual de Santiago oferece mais vagas para os regimes aberto e semiaberto a partir da melhorias executadas em sua estrutura, que passou por readaptação. Dois alojamentos foram construídos, com capacidade de 15 apenados cada. A obra, que custou R$ 21.705,00, foi feita com recursos financeiros do Judiciário, por meio do Conselho da Comunidade.  

O trabalho foi feito com a mão de obra prisional, coordenada pelo administrador Marcelo Soares Machado e pelo vice-diretor do albergue Carlos Lacerda. O projeto foi desenvolvido pela arquiteta Mariana  Silva de Freitas, lotada na 2ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR). Para o delegado penitenciário regional Anderson Prochnow esta obra demonstra mais uma vez o quanto é importante o apoio do Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública."A parceria proporcionou a criação de mais vagas no sistema prisional". Anderson destacou que os próprios apenados construíram os alojamentos. "Hoje, na entrega desta nova estrutura, certamente se sentiram orgulhosos ao perceber que esta etapa foi concluída com êxito", afirmou.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!