Busca rápidaX

MANCHETES

Aliança para Inovação lança Pacto Alegre com meta de tornar a Capital referência internacional em inovação em 7 anos

22 de novembro de 2018
Prefeito Marchezan e reitor da UFRGS assinam contrato formal do Pacto Alegre, com Josep Piqué e o reitor da PUCRS e pró-reitor da Unisinos

Iniciativa criada pela união e convergência de três das principais universidades do Brasil (UFRGS, PUCRS e Unisinos), a Aliança para Inovação lançou nesta quarta-feira (22), em Porto Alegre, o Pacto Alegre. O pacto é baseado no compromisso firmado entre 4 áreas, chamada de quadrúpla hélice, composta pelo Mundo Acadêmico, o Poder Público, a Iniciativa Privada e a Sociedade Civil Organizada. A meta da Aliança é ser reconhecida internacionalmente como um modelo de referência de colaboração e inovação de alto impacto até 2025.

No evento de lançamento, foram apresentadas a identidade visual e conceito da marca, que pretende criar um ambiente de inovação em Porto Alegre, com uma série de ações por diversas entidades dentro da quádrupla hélice. Além disso, a solenidade formalizou o Pacto Alegre, com a assinatura do compromisso em torno do mesmo objetivo, que conta com cerca de 75 entidades. Para consultoria no processo, a Aliança firmou contrato com o especialista espanhol Josep Piqué, que é o responsável por elaborar a metodologia da organização. Piqué participou de programas semelhantes em Barcelona e Medellín, na Colômbia. O contrato de parceria tem duração de 3 anos e os custos são financiados pela iniciativa privada, que compõe o pacto.

O Pacto Alegre também tem a meta de engajar o maior número de entidades para auxiliarem em ações e atividades que estimulem um ambiente de inovação em Porto Alegre. Inclusive o pacto envolve e pretende juntar a sociedade em torno de um só objetivo, como exemplo, os responsáveis pela Aliança, citam o futebol: eles contam com o apoio tanto do Grêmio, quanto do Internacional. Uma das ações da Aliança é criar o ambiente que atraia investimentos e criação de startups na cidade. Entre as atividades que já está em andamento é uma parceria com a Fiergs que aproxima o setor empresarial e industrial da cultura de inovação e tecnologia.

O evento contou com a presença do reitor da UFRGS, Rui Vicente Opermann, o reitor da PUCRS, Irmão Evilásio Teixeira, e o pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais da Unisinos, Alsones Ballestrin, representando o reitor Padre Marcelo Fernandes de Aquino, que estava em viagem. O prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior e outras autoridades acompanharam a cerimônia. Marchezan destacou a iniciativa a partir da união das universidades altamente conceituadas, superando diferenças e vaidades, além de ressaltar o mérito do pacto englobar todos os setores visando o mesmo objetivo e beneficiando todos as pessoas, sem distinção de classe. “Há a necessidade aqui de formação de um ecossistema para a inovação para que a gente atraia pessoas pra cá, atraia investimentos, atraia recursos, para que as pessoas daqui possam ter a oportunidade aqui, através de inovação, de melhorar a sua receita e sua vida. Esse ecossistema é a própria cidade”, disse. O prefeito comenta ainda que o Pacto Alegre é uma iniciativa a longo prazo. “É uma ação conjunta que busca sempre desafios conjuntos para que este grupo, que representa a cidade possa remar no mesmo sentido. Talvez essa seja a principal inovação”, completou.

O governador eleito Eduardo Leite também prestigiou o evento, ocorrido no Centro Cultural da UFRGS. Leite elogiou a iniciativa e disse que é um passo importante para o desenvolvimento do Estado, inclusive citando Santa Catarina como exemplo, que tem fomentado um ambiente mais atraente na área de inovação. “Vemos esse pacto formado como grande exemplo. É natural que Porto Alegre seja o grande centro por ter as universidades, os escritórios das grandes empresas, mas vemos outras regiões do Estado com vocação pra trabalhar com inovação na indústria, na agroindústria por exemplo”, projetou. O governador eleito afirmou que está em contato com as universidades que compõe a Aliança para Inovação para identificar formas de contemplar ações na estrutura pública e está a disposição para estabelecer uma conexão com a iniciativa. “Nosso grande desafio é transformar o Rio Grande do Sul em referência nacional em inovação e tecnologia”, disse Eduardo Leite.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!