Busca rápidaX

Ambulatórios de Ijuí e região atenderão neste sábado durante Dia D para vacinação de crianças e adolescentes

23 de setembro de 2016
Crianças de zero a cinco anos, além do publico de nove a 15 anos, devem ser levados aos ambulatórios, nesta sábado, 24, em virtude do Dia D da campanha nacional de vacinação. A campanha, que iniciou segunda-feira, 19, e encerra no próximo dia 30, visa revisar carteiras de vacina. As crianças de zeroa cinco anos recebem, especialmente, o medicamento contra a paralisia infantil. Neste sábado os postos atendem das 8 às 17hs.

Em Ijuí, todas as salas de vacinas estarão abertas: CMS (Central), Penha, Thomé de Souza, Pindorama, Centro Social Urbano, Getúlio Vargas, Luiz Fogliatto, Tancredo Neves, Glória, Assis Brasil, Jardim, Modelo e Meio Rural. Durante a campanha, serão oferecidas à população alvo as vacinas da rotina, a fim de melhorar a cobertura vacinal e otimizar a logística dos serviços de saúde. Nessas campanhas procuram-se administrar vacinas de forma seletiva e possibilitar a atualização da Caderneta de Vacinação.

A inclusão na campanha de crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade se dá uma vez que esse grupo tem uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os seus filhos nesta faixa etária. No entanto, com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação nos últimos anos, muitas vacinas necessitam ter doses de reforço nesta faixa etária ou passaram a ser incluídas no Calendário, como é o caso da vacina HPV para as meninas. Desta forma, esta estratégia busca resgatar a população não vacinada ou com esquemas de vacinação incompletos, tanto na infância como na adolescência, visando melhorar as coberturas vacinais e assim manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis no Brasil.

Tendo em vista a complexidade do atual Calendário Nacional de Vacinação, que dispõe de 14 vacinas para as crianças e cinco para os adolescentes, é fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas, para completar o esquema vacinal para cada vacina preconizada atualmente pelo PNI.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comentários estão desativados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!