Busca rápidaX

MANCHETES

ANEEL libera operação em testes da CGH Igrejinha, em Boa Vista do Cadeado

8 de abril de 2021
DCIM100MEDIADJI_0066.JPG

Entrou em operação durante essa semana, ainda em fase de testes, a Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Igrejinha, localizada no rio Ijuizinho, na divisa dos municípios de Boa Vista do Cadeado e Jóia. O início da geração foi possível a partir da publicação do despacho número 916 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) no Diário Oficial da União, no dia 31 de março, que autorizou a operação a partir do dia 01 de abril. Apesar de ainda ser em caráter de testes, a energia gerada já é injetada no Sistema Interligado Nacional (SIM). A autorização era aguardada a partir da conclusão das obras físicas e da instalação dos equipamentos no mês de março.

A operação em testes está sendo coordenada pelos representantes das empresas Automatic e Hacker, fornecedores dos equipamentos da CGH, que estão fazendo os ajustes entre a automação e a parte mecânica. Durante os testes são realizados diversos ensaios, em diferentes condições, simulando os diferentes fatores que as turbinas e os geradores podem enfrentar durante a operação. Além da finalização dos testes, garantindo que a usina está apta a gerar, os empreendedores agora aguardam a Licença de Operação (LO), já solicitada junto a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM) e, a partir dela, a autorização por parte da ANEEL para entrar em operação comercial.

O empreendimento pertence à empresa Boa Vista do Cadeado Energia Ltda., formada pelas participações das cooperativas Ceriluz, detentora de 59% dos ativos, e Coprel, que responde por 41%, totalizando um investimento estimado em R$30,2 milhões. Com Licença de Instalação desde dezembro de 2017, a obra teve início em junho de 2019, com os primeiros trabalhos concentrados na barragem, que reaproveitou a antiga estrutura da Usina Tarumã. Com uma queda de 18,5 metros em relação ao ponto de coleta de água e a localização das turbinas, e um túnel adutor de 618 metros escavado na rocha, a CGH Igrejinha terá uma capacidade instalada de 4,85 Megawatts (MW).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Ceriluz
error: Conteúdo protegido!