Busca rápidaX

Após críticas, Eduardo Leite reconhece falha e volta com parcelamento do IPVA 2020

5 de novembro de 2019

Após repercussão negativa sobre a decisão de antecipar o vencimento do IPVA para janeiro e extinguir o parcelamento no pagamento do imposto, anunciado pela Secretaria da Fazenda, o Governador Eduardo Leite desistiu da medida em cerca de 24 horas. As críticas foram muito duras por parte dos contribuintes e também por deputados, tanto da base aliada, quanto da oposição. Por causa da pressão, principalmente política, Leite decidiu cancelar totalmente a iniciativa elaborada pela equipe técnica da gestão e anunciada na segunda-feira. Assim o calendário do IPVA em 2020 será igual ao de 2019, com a possibilidade de parcelamento nos meses de janeiro, fevereiro e março, com o vencimento retornando ao mês de abril.

Junto com o parcelamento, o Governador deve voltar atrás também nos descontos para os contribuintes que anteciparem o pagamento. Os números seguem os mesmos praticados neste ano: 3% para quem fazer o pagamento em dezembro e janeiro, 2% para quitação em fevereiro e 1% em março. A desistência de Leite foi anunciada aos deputados estaduais durante café da manhã nesta terça-feira (05), no Palácio Piratini, e comunicada em coletiva de imprensa após o encontro.

O governador admitiu que, a partir das reações sobre o IPVA, vai rever as medidas e manter o calendário de pagamento do imposto sem nenhuma alteração. “Falhei pessoalmente em não observar a repercussão política”, afirmou Eduardo Leite, que assumiu a responsabilidade por não ter debatido o tema com os deputados antes do anúncio. O governador ainda refutou que houvesse uma divisão entre técnicos e políticos na gestão, e ressaltou que os números de contribuintes que pagavam antecipado eram 40% e apenas 5% optavam pelo parcelamento, dados que, de acordo com Leite, parecem ter menos impacto do que a reação sobre as mudanças no pagamento do IPVA.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!