Busca rápidaX

Após ‘pacificação interna’, MDB de Ijuí quer ter candidato próprio à prefeitura

6 de fevereiro de 2020

O MDB de Ijuí fará, na próxima semana, um grande encontro entre Executiva e filiados ao partido, a fim de definir os rumos da sigla nas eleições municipais deste ano.

Em entrevista à RPI na manhã desta quarta-feira, o presidente do MDB de Ijuí, Ramsés Lemos, afirmou que o partido tem a pretensão de participar de uma chapa majoritária, tendo candidato a prefeito ou vice no pleito deste ano. Ramsés citou uma reorganização interna da sigla, que contou com a reaproximação do deputado federal ijuiense Darcísio Perondi, após divergências que, segundo ele, ficaram no passado.

O presidente do MDB diz que o partido não depende de cargos e, por isso, uma coligação com o PDT, assim como ocorreu na última eleição, não é algo obrigatório.

“Acabou esse negócio de ala A e ala B, existe só uma ala no nosso partido e ela pensa no bem da população. Sobre coligar ou não com o PDT, é preciso dizer que ninguém nasceu em cargo nenhum, nos projetamos nas funções que exercemos mas não nascemos nesses cargos. Então se, eventualmente, não estivermos juntos na coligação (com o PDT) e tivermos que lançar um candidato próprio, vamos fazer. Ao menos é o pensamento da executiva municipal do MDB”, disse.

Os nomes ventilados para uma candidatura incluem o do próprio presidente do MDB, Ramsés Lemos, além do vereador Ricardo Adamy e do atual coordenador regional de Educação Cláudio de Souza.  Ele garantiu, porém, que o partido vai surpreender nestas eleições, apostando também em eleger no mínimo dois vereadores.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.
error: Conteúdo protegido!