Busca rápidaX

MANCHETES

Após surto, instituições para idosos recebem reforço na prevenção à Covid-19 em Santo Ângelo

2 de julho de 2020
Foto: Rodrigo Bergsleithner

Em audiência realizada na tarde da última terça-feira (30),  no auditório do PROCON, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esteve reunida com os lares de idosos de Santo Ângelo para aumentar o cuidado e evitar infecções pelo novo Coronavírus (Covid-19) nas instituições. A Covid-19 representa alta taxa de letalidade na população de idosos e já originou surto no Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues, no início do mês de junho. 

O secretário municipal de Saúde, Luís Carlos Cavalheiro, reiterou que as medidas de prevenção foram reforçadas em todos os lares de Santo Ângelo, no início da pandemia no Rio Grande do Sul, em março, e que a SMS tomou medidas mais severas quando confirmado o surto na instituição. “As orientações são essenciais na situação de emergência pública internacional provocada pela Covid-19. O objetivo da reunião foi solicitar o aumento dos cuidados para evitar novas infecções pelo vírus nestes recintos, pois a população residente nestes locais é mais vulnerável, com níveis variados de dependência e necessidades médicas complexas, com outras comorbidades de saúde ativas”, explica.

ORIENTAÇÕES

As orientações repassadas aos lares da cidade incluem medidas de prevenção e controle a ser adotadas na assistência aos residentes, principalmente em relação aos casos suspeitos, além dos cuidados com a higienização do ambiente, o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), os cuidados redobrados com os materiais que vem de fora para dentro da instituição, a higienização dos veículos que transportam os idosos e funcionários, além dos cuidados básicos com a equipe de funcionários.

PRESENÇAS

Participaram do encontro, representantes da Casa de Repouso e Creche Cantinho da Felicidade, Casa de Repouso Doce Vida, Casa de Repouso Bem Estar, Lar da Velhice Suzana Wesley, Casa de Repouso Aconchego da Melhor Idade, Santa Bárbara Residencial de Idosos, Casa de Repouso Bem Viver, Revigore Casa de Repouso e Hotel Geriátrico, Residencial Melhor Idade, Retiro dos Idosos Universina Carrera Machado e Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues. 

Além do secretário Cavalheiro, esteve presente o coordenador da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde (12ª CRS), Iury Sommer Zabolotosky, a enfermeira da Comissão de Vigilância Epidemiológica de Prevenção e Combate à Covid-19, Daniana Pompeo; o fiscal da Vigilância Sanitária, Ubiratan Gross Alencastro, e a coordenadora de Vigilância Epidemiológica e Imunizações da SMS, enfermeira Juliane da Rosa.

O SURTO NO LAR ISABEL

O secretário de Saúde, Luís Carlos Cavalheiro, ressaltou que o Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues estava fechado para a visitação desde o início da pandemia no Estado e, desde então, sempre adotou severas medidas de higienização, com o uso de máscaras, luvas, distanciamento controlado, tapetes de sanitização e se manteve de acordo com o protocolo de segurança. “A Secretaria de Saúde acompanhou este processo também em todos os lares da cidade, bem antes de se confirmar o primeiro caso de Coronavírus em Santo Ângelo”, disse. 

Após a confirmação do primeiro caso no lar, a Secretaria de Saúde, por meio da Comissão de Vigilância Epidemiológica de Prevenção e Combate à Covid-19 e da Vigilância Sanitária, visitaram a instituição para confirmar que as medidas de segurança estavam sendo adotadas. Cavalheiro confirmou que exames de eletrocardiograma foram realizados nas pessoas com sintomas, além de testes rápidos, também nos idosos. 

A Secretaria de Saúde também disponibilizou médicos, técnicos de enfermagem, todos os equipamentos de proteção individual, medicamentos, álcool gel, além de exames. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Prefeitura de Santo Ângelo