Busca rápidaX

Aprenda a fazer um terrário

15 de dezembro de 2017
Quem não tem o chamado "dedo verde" não precisa abrir mão da terapia de cultivar uma plantinha em casa. Os terrários, além da praticidade de serem plantados em recipientes de vidro que combinam com tudo, são de manutenção simples.

A Floricultura Winge, que ministra cursos sobre a técnica, acredita que com os devidos cuidados dá para garantir vida longa ao jardim, como ficar atento ao tamanho do recipiente escolhido: será essa dimensão  que determinará a quantidade de suculentas ou cactos. A ordem de plantio também segue uma receita que costuma dar certo. A primeira camada deve ser formada por pedras ou areia para a drenagem, depois a terra preta seguida da espécie, que deve ser apenas acomodada sobre esta camada. Para finalizar, mais terra para proteger as raízes. 

Depois, é só investir no décor, com pedriscos, musgos e até versões de miniaturas, conforme o estilo do ambiente que irá receber o terrário.

Materiais
– Recipiente sem furo
– Pedras para drenagem
– Areia
– Terra
– Suculentas
– Itens decorativos, como pedriscos e musgos
– Colher, pá ou pincel
– Dicas de cuidados
 
Escolha também plantas com necessidades de luz e rega semelhantes. A quantidade de água é pequena, podendo ser utilizada uma colher. Luz solar direta ou indireta por pelo menos quatro a seis horas por dia.

Acabamentos 
– Para decorar os recipientes, pedriscos de diferentes tamanhos e cores podem ser escolhidos
– Jardim coringa
– Cultivar terrários pode ser uma forma de décor diferente

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!