Busca rápidaX

“Aquele campeonato foi marcante para minha carreira”, diz Juba sobre o título do interior

19 de abril de 2020

Um dos jogadores mais tático do São Luiz em 2013, campanha que culminou com o título do interior do Rubro, o atacante Juba, foi peça fundamental na equipe que foi treinada por Tonho Gil, Paulo Porto e Leandro Machado. Além disso o atacante marcou 2 gols na fase classificatória do primeiro turno contra o Grêmio, o primeiro gol na vitória contra o Caxias na semifinal e foi protagonista do lance que poderia ter mudado o rumo do São Luiz no segundo turno daquela temporada. O jogador sofreu pênalti de Bressan não assinalado pelo árbitro Anderson Daronco conforme o próprio Juba revela.

“O campeonato e o jogo contra o Grêmio o qual vencemos por 4 a 0 foram marcantes para mim e na minha carreira. No jogo contra o Grêmio por que fiz 2 gols num clube gigante, pela vitória que foi a nossa primeira no campeonato foi um jogo que deu muita o que deu confiança para o grupo e ali foi o início da nossa grande campanha no ano.

No jogo das quartas de final do segundo turno, enfrentamos o Grêmio na Arena e fomos eliminados nos pênaltis, porém tem um lance que poderia ter mudado a história do jogo.

Lembro que o Washington me deixou na cara do gol, eu estava olhando para o Dida(goleiro do Grêmio), quando recebi uma carga nas costas, um empurrão com a mão do zagueiro Bressan e o Anderson Daronco não marcou o pênalti. O mais engraçado nesse lance é que o Daronco além de não dar o pênalti, nem perguntou como eu estava, foi perguntar pro defensor do Grêmio como ele estava, algo que realmente me deixou irritado”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Cedida por Juba
error: Conteúdo protegido!