Busca rápidaX

MANCHETES

Assembleia com presença de interventores judiciais expõe situação da Cotrijuí

6 de julho de 2018

Com o objetivo de esclarecer a atual situação da cooperativa, foi realizada nesta sexta-feira, 06, na AABB em Ijuí, assembléia geral extraordinária da Cotrijuí. Mais de 230 sócios participaram, além de não sócios, convidados, autoridades e meios de comunicação. 

Através dos interventores judiciais, foi exposta a atual situação financeira da cooperativa. As dívidas totais com fornecedores, incluindo ações trabalhistas, tributos, associados e outros, chegam a quase dois bilhões de reais. Já o patrimônio da cooperativa fica em mais de 600 milhões, ou seja, bem menor.

No evento desta sexta, os interventores disseram serem favoráveis a uma comissão para ajudar nos trabalhos desde que ela seja legitimada pelos sócios.

Numa das partes da assembléia da Cotrijuí, os presentes puderam se manifestar e questionar. Alguns produtores questionaram o não pagamento total dos grãos, já que à agricultores que receberam a totalidade. Os interventores judiciais disseram que o pagamento obedece critérios pré estabelecidos. Nele está incluída a questão do armazém geral. A Cotrijuí tem a repassar valores que totalizam sete mil toneladas de grãos.

Paralelamente às questões da dívida da Cotrijuí, segue em andamento, investigação criminal do ministério público com sede em Santo Ângelo e do Gaeco. Inclusive integrantes destas duas instituições estiveram na assembléia desta sexta da cooperativa.

Na ocasião, pediram que quem tiver denúncias ou evidências a respeito de desvio de dinheiro ou de outras irregularidades nas gestões anteriores da Cotrijuí, deve procurar as duas entidades ou o próprio MP de Ijuí. A investigação não tem prazo para terminar, mas – conforme foi dito para a RPI – não estão descartadas penalidades criminais, até com prisões.

Texto: Claiton Miná

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!