Busca rápidaX

Assembleia do CPERS aprova greve e manifestações

28 de setembro de 2018

Reunidos em Assembleia na tarde de hoje, 28,  o CPERS-Sindicato aprovou a proposta de greve e a realização de outras manifestações dos professores estaduais. A paralisação total ocorrerá durante 24 horas, na quinta-feira, 04/10.

Além disso, foi aprovada também, proposta de manifestação na quinta-feira, em Porto Alegre, contra o atraso de 34 meses dos salários e uma caminhada ao final da Assembleia em direção ao Palácio Piratini.

Professores caminhando em direção ao Palácio Piratini

Confira as propostas aprovadas:

1- Greve de 24 horas, no dia 04/10/2018, pelo pagamento integral do salário e contra o desmonte da escola pública;
2- Ato Estadual em Porto Alegre, no dia da Greve de 24 horas;
3- “Não nos calarão”. Caminhada após a Assembleia Geral, da Casa do Gaúcho até o Palácio Piratini, com material visual “proibido” nas escolas;
4- Participação do CPERS no movimento das mulheres “Ele Não” contra o avanço do fascismo;
5- Elaboração de panfleto e/ou spot denunciando a posição dos candidatos a governador do RS e presidente da República que manifestam a defesa do estado mínimo e da destruição da educação pública;
6- Manifestação dos(as) trabalhadores(as) em educação no Morro Santa Tereza, por ocasião do debate dos candidatos a governador no dia 02/10, junto a outras categorias de servidores. Chamamento para a região metropolitana;
7- Denúncia do Governo Sartori que não cumpre o acordo de greve, pois a mesma ainda não foi anistiada na efetividade;
8- Moção de apoio ao professor Manoel Fernandes e à professora Janine Dorneles em face de ofensiva autoritária de mordaça a estes educadores. A Escola não pode ter mordaça!;
9- Moção de repúdio a 3ª CRE de Estrela, contra a orientação que cerceia a liberdade de organização sindical ao orientar que as escolas não recebam o jurídico do CPERS. Cobrança de posição contrária da SEDUC em relação a esta orientação;
10- Moção de repúdio ao prefeito de Cachoeira do Sul, pela liminar que susta a eleição de diretores nas Escolas Municipais;
11- Moção de apoio e solidariedade ao SIPROM pela defesa de direitos e conquistas de categoria ameaçadas pelo Prefeito Municipal de Cachoeira do Sul;
12- Moção de Repúdio ao Conselho Regional de Educação física que vem executando os trabalhadores pelo não pagamento do CREF, realizando penhora de bens de diversos educadores desta área.

Compartilhar
  • 28
  •  
  •  
  •  
  •  
    28
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Peugeot Champs Elysées



Peugeot Champs Elysées

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!