Busca rápidaX

TESTE ACIMA NEWS

Assembleia Legislativa destina R$ 51,95milhões ao combate da COVID-19 no RS

10 de abril de 2020

 O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes, confirmou nesta quinta-feira (09/04), aos secretários Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian; da Saúde, Arita Bergmann; do Planejamento, Leany Lemos; de Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal e ao subsecretário do Tesouro Estadual, Bruno Jatene, a destinação de R$ 51.965.000,00 em emendas parlamentares estaduais para o combate à pandemia da Covid-19. Esse valor foi referendado durante videoconferência realizada esta semana com a participação dos demais deputados estaduais.

 Conforme Frederico os mais de R$ 51 milhões destinados ao combate do COVID-19, eram recursos previstos para emendas a serem direcionadas pelos deputados às suas regiões nas mais diversas áreas. Esses recursos são a soma de valores na ordem de R$ 13 milhões, das emendas parlamentares que estavam contingenciadas para a saúde, educação e segurança, mais R$ 10 milhões que iriam ser destinadas ao programa de Consulta Popular, somados a R$ 18,7 milhões que já haviam sido indicados pelos parlamentares para o setor da saúde em suas emendas individuais e, agora, somados aos R$10,265 milhões que foram remanejados para a rubrica COVID-19 e estavam destinadas para outras áreas para investimento.

 Segundo o líder do governo esse remanejamento de recursos para o combate a COVID-19, foi resultado de uma ação conjunta de todos os 55 parlamentares da Assembleia Legislativa. “Foi uma decisão unânime dos deputados, de todas as bancadas. Não houve uma manifestação contraria em relação a essa articulação. A Assembleia Legislativa é parceira do governo do Estado nessa luta contra o coronavírus”, disse Frederico Antunes.

 A secretária Arita Bergmann agradeceu o empenho de todos os deputados, independente de situação e oposição, bem como o trabalho do líder do governo, deputado Frederico Antunes e dos colegas secretários de governo. Arita destacou que um dos primeiros atos da secretaria com esses recursos, além da compra de equipamentos e custeio, será a compra de 150 vagas / internações em UTIs nos hospitais da rede privada do Estado por pelo menos três meses para o tratamento da COVID19.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Assessoria AL

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!