Busca rápidaX

MANCHETES

Aulas serão suspensas na rede pública estadual a partir de quinta-feira

16 de março de 2020
eduardo leite

Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta segunda- feira (16), o Governador Eduardo Leite anunciou novas medidas de prevenção relacionado ao coronavírus. A principal iniciativa é a suspensão das aulas da rede pública estadual de ensino a partir da próxima quinta-feira (19). Nos próximos dois dias, as equipes da secretaria de educação do Estado serão orientadas e farão a orientação das escolas para não haver prejuízo sobre esta decisão Além disso, o Governador recomendou que a rede privada de ensino também suspenda as aulas, bem como vai tratar com a Famurs e as prefeituras para que haja suspensão também na rede municipal. Em Porto Alegre, o prefeito Nelson Marchezan definiu também nesta segunda-feira a suspensão das aulas do ensino fundamental.

Leite salientou que não há motivo para pânico, e que as medidas são preventivas para retardar o avanço da contaminação. O Governador explica que a meta é conter o número de casos para que não haja contaminação em massa e assim o sistema de saúde não fique sobrecarregada. O objetivo, segundo Leite, é reduzir a exposição das pessoas a possibilidade de contaminação, e assim a circulação do vírus.

O Governador ainda destacou que eventos estão sendo evitados e recomenda que todos também suspendam encontros com mais de 100 pessoas. “Neste momento ainda é uma recomendação, poderá no futuro breve, de acordo com a evolução, se transformar não apenas numa recomendação, como numa restrição a ser imposta”, projetou Eduardo Leite.

O Governador ainda determinou que os servidores públicos estaduais com mais de 60 anos, gestantes ou aqueles com doenças crônicas serão encaminhados ao teletrabalho (home office). O Executivo ainda vai determinar o retorno de servidores das áreas de segurança pública, saúde e do sistema penitenciário. Em relação a iniciativa privada, o Governo vai se reunir com entidades para determinar alterações em jornadas de trabalho, a fim de reduzir a exposição de trabalhadores, que usam principalmente o transporte público. Por fim, Eduardo Leite anunciou que enviará um projeto de lei à Assembleia Legislativa para contratação emergencial para a área da saúde, em especial à vigilância sanitária.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!