Busca rápidaX

Aumento nos casos de depressão e doenças similares preocupa profissionais da área da saúde em Ijuí

26 de junho de 2019
Imagem: ilustração/internet

A quantidade de casos de depressão no mundo cresceu 18% em dez anos, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgados em 2018. Até 2020, a previsão é de que esta seja a doença mais incapacitante do mundo.

Os números alarmantes preocupam também Ijuí e toda a região, pois um aumento significativo de pacientes que realizam tratamento na ala de saúde mental do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), é o que tem sido percebido pelos profissionais da área. Existem diversas doenças, mas a depressão ainda é a mais recorrente. É o que afirma o médico Bruno Guidolin, coordenador do setor. De acordo com ele, o aumento no número de casos é percebido além da rede pública, mas também na particular.

Alguns enfermeiros e técnicos de enfermagem que atendem durante os plantões do HCI, que é referência regional em saúde mental, com leitos de emergência e unidade de internação, alertaram que em algumas noites, quase metade das internações estão relacionadas com estas doenças. 

A reportagem da RPI também conversou com o clínico geral Cassiano Dei Ricardi, que atua em Ijuí, nos hospitais Unimed e Bom Pastor, o qual também confirmou ter percebido um aumento nos casos de pacientes com depressão e outras doenças mentais. 

Os profissionais alertam também para outro quadro clínico que tem sido diagnosticado com frequência, sendo a Síndrome de Burnout, que é um distúrbio psíquico caracterizado pela tensão emocional e estresse provocados por condições de trabalho desgastantes. Os fatores atrelados às doenças mentais são diversos e variam de acordo com a faixa etária, contudo, de acordo com Guidolin, questões sociais, falta de emprego, problemas de saúde e outras comorbidades podem ser fatores estimulantes. Alguns estudos também tem relacionado o uso de agrotóxicos com as doenças mentais.

Os dados sobre o aumento de casos e doenças em Ijuí, e que podem comprovar a percepção dos profissionais, ainda estão sendo fechados pela ala psiquiátrica e devem ser divulgados em números exatos no fim do próximo mês. A RPI acompanha o trabalho e divulgará em breve.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!