Busca rápidaX

MANCHETES

Auxiliar da preparação física do São Luiz, Fernando Antes, deixa uma mensagem de reflexão sobre o coronavírus

15 de julho de 2020

Estamos há uma semana do recomeço do campeonato gaúcho, agendado para reiniciar no próximo dia 22. O São Luiz deve jogar dia 23 e o adversário será o São José.

Até o jogo de reestréia na competição, o São Luiz vai ter trabalhado cerca de 27 dias, algo que é pouco tempo de preparação conforme explica o auxiliar da preparação física do Rubro, Fernando Antes. “Com os atletas treinando entre 25 a 30 dias, e eles estavam parados a aproximadamente 100 dias, alguns fatores que acabam prejudicando, ainda mais que eles estavam inativos por que locais como academias e locais de treinamentos. Estes dias na realidade não são ideias por que os atletas se apresentaram com mais tempo de inatividade do que se apresentam para uma temporada normal em novembro para o campeonato gaúcho”, afirmou Fernando.

O profissional também afirma que os atletas e comissão técnica tiveram que se adaptar aos novos protocolos. “Tudo muito novo, estamos nos adaptando, tivemos que adaptar, pois muitos trabalhos dentro da nossa metodologia são com bola e devido os protocolos se segurança tivemos que alterar um pouco nossa metodologia, então estamos a cada dia analisando a situação de cada atleta, temos mais uns dias de trabalhos e vamos realizar a resistência específica para saber como cada atleta vai se comportar no jogo de reestréia”, frisou o auxiliar.

Por fim, Fernando Antes deixou uma mensagem de reflexão sobre o coronavírus. “Entendo que essa questão do coronavírus vem afirmar, vem trazer uma reflexão para todo ser humano em cima dos cuidado que tem que ter com a saúde. Eu também trabalho em academia diretamente nesta relação e agora as pessoas estão vendo a necessidade de estarem com a imunidade alta com a saúde em dia, isso não é uma questão de momento, é uma questão de qualidade de vida e seguir fazendo atividades físicas, cuidar da alimentação que quando acontecer essas questões vamos ter uma imunidade mais alta e teremos riscos menores de sofrer com este vírus que está aí”, finalizou Fernando Antes.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: Anderson/ECSL
error: Conteúdo protegido!