Busca rápidaX

MANCHETES

Auxiliar técnico de Felipão afirma: “Sou defensor dos estaduais”

25 de maio de 2020

Natural de Tuparendi, Paulo Turra, atualmente trabalha na comissão técnica de Luiz Felipe Scolari. Turra, conversou com a reportagem da Rádio Progresso de Ijuí onde falou sobre o convite para atuar com Felipão, destacou que torce pelo São Luiz, afirmou que o estado é o maior celeiro de treinadores do Brasil e ainda afirmou que é um defensor dos campeonatos estaduais, porém é necessário renovação.

TRABALHAR COM FELIPÃO

Recebi o convite para trabalhar com o Felipão ainda em 2017 na China, depois retornamos ao Palmeiras. Fomos campeões na China, campeões no Palmeiras e neste momento estamos parados, ele recebeu várias propostas antes da pandemia e acredito que depois que tudo isso passar os contatos irão retornar. Temos nos ajudado bastante, eu tenho aprendido muito com ele e quando ele encerrar a carreira eu dar sequência a minha carreira.

TÉCNICOS GAÚCHOS

Tenho muito orgulho de dizer que sou gaúcho, do Interior do Rio Grande do Sul, sou de Tuparendi. E quem sabe hoje no Rio Grande do Sul, é o maior celeiro de treinadores do Brasil e se for falar em termos de mundo não sei se existe tantas regiões com treinadores renomados com capacidade de conhecimento como tem no interior do RS. Felipão, Tite, Dunga, Mano Menezes, agora o Tiago Nunes, isso só para tirar uma base por cima. Nos orgulha muito ter uma escola tão forte, tão competente de bons treinadores que saem do interior do estado, e estou falando apenas de treinadores, por que formos falar de jogadores a gente se perde contando, jogadores inclusive campeões mundiais.

TORCIDA PELO SÃO LUIZ

Não tenho dúvida nenhuma em afirmar que o interior do Rio Grande do Sul é exemplo para todo o Brasil em termos de profissionais como treinadores, estou falando da minha área de futebol, como clubes e como jogadores. Clubes quando me perguntam, eu digo: eu torço para o interior do RS, tenho uma ligação muito forte com o Caxias, me criei no clube, joguei durante 10 anos no Caxias, mas isso não quer dizer que eu não torça para o Juventude, torço para o Brasil de Pelotas, torço para o São Luiz, sei que o Rubro tem uma estrutura muito boa, é um dos clubes que financeiramente tem mais saúde no interior do estado e por eu ser da região, torço muito para que o clube prossiga na elite do gauchão, sei que no atual campeonato não estava bem, e tem males que vem para o bem, o São Luiz vai seguir na Série A, é muito importante para a nossa região, por que antigamente tínhamos Guarani de Cruz Alta, Dínamo de Santa Rosa, o próprio São Luiz, tinha vários clubes, a segundona era muito forte nesta região, infelizmente por uma ocasião ou por outra hoje não tem mais essa força mas o São Luiz é o representante e eu torço muito para que o clube continue na primeira divisão e siga nos representando tão bem tanto no gauchão, quanto agora na Série D do campeonato brasileiro.

A FAVOR DOS ESTADUAIS

O Interior do Rio Grande do Sul tem que se renovar. Sou defensor dos estaduais, da continuação dos estaduais, mas do jeito que estão, eles são um prato cheio para as pessoas e as entidades que querem acabar com os estaduais. Isso tem que partir dos clubes do Interior, precisa-se evoluir, renovar. Não podemos fazer estaduais com 3 meses de duração e depois acabar com tudo, trabalhar com 4 meses e o futebol no interior acaba, então precisa renovar e isso, a iniciativa tem que partir dos clubes do interior, por que se depender dos clubes grandes e outras entidades, eles não tem interesse e o futebol do interior é muito forte, o futebol do interior tem que ser visto como um celeiro, como uma vitrine, como um criador de craques que sempre foi e não é por causa de certas coisas que temos que baixar a “arma” e aceitar tudo que vem de cima. Nós temos que nos renovar. Torço muito para que os estaduais sejam renovados, que sejam de março a novembro e os clubes do interior tem que ter essa iniciativa.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: César Greco/Palmeiras
error: Conteúdo protegido!