Busca rápidaX

Bispo diocesano de Cruz Alta alerta para cuidados com a natureza em relação à CF deste ano

1 de março de 2017
Com a finalidade de incentivar as pessoas a promover um mundo mais humano, inicia hoje a Campanha da Fraternidade 2017, com o tema “Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”, conforme o livro bíblico de Genesis. A iniciativa da Igreja Católica, nesse ano, busca estabelecer um olhar mais ecológico, segundo disse em entrevista nesta manhã na Progresso o bispo da diocese de Cruz Alta, Dom Adelar Baruffi.

Ressaltou que a Igreja propõe que as pessoas reflitam que os biomas ou a natureza não é uma matéria-prima para gastar, mas para ser preservada. Dom Adelar entende que a agricultura tem um peso muito grande na economia da região, porém destaca que é possível aliar o desenvolvimento com o cuidado com a água, matas e ar. Pediu que as famílias cultivem, pelo menos, pequenos espaços com alimentos sem agrotóxicos em casa e que o tema da Campanha da Fraternidade seja debatido na catequese, grupos de família, escolas, dentre outros espaços comunitários.

Sobre a Quarta-Feira de Cinzas, justamente hoje, o bispo diocesano de Cruz Alta reforça que a imposição da cinza nas pessoas, tradicional gesto da Igreja Católica nesta data, é um símbolo e quem recebe concorda que deseja fazer um reconhecimento penitencial em preparação para a Páscoa. Além disso, hoje também começa o período da Quaresma, ou seja, 40 dias antes da Páscoa.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!