Busca rápidaX

MANCHETES

BM flagra crimes ambientais em Ajuricaba

13 de janeiro de 2022

Conforme o Tenente Leonardo, Comandante da BM de Ajuricaba, a alta incidência de crimes ambientais tem surpreendido as autoridades no município. O período de entre safra, colheita do trigo e plantio da nova cultura, especificamente a soja, marca a ocorrência desses crimes.

Com o intuito de ampliar a área de plantio, muitos produtores acabam cometendo crimes ambiental, dentre eles a derrubada de árvores, drenagem de banhados e até mesmo contaminação de nascentes.

A legislação ambiental, Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, prevê que a pessoa flagrada cometendo crime ambiental, será responsabilizada civil e criminalmente, ou seja, com multa pecuniária e processo crime, com previsão de detenção.

Segundo o Tenente, nos últimos dias, após denúncias anônimas, foram fiscalizadas mais de dez propriedades rurais, e em sua totalidade confirmado algum tipo de crime ambiental.

Verifica-se no município, baixa incidência de mata nativa, e desprezo pelo cuidado as matas ciliares de rios e riachos, salienta o Tenente. A BM pede a consciência dos proprietários de áreas rurais no sentido de preservar o pouco que resta.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí com informaçãoes da BM.
error: Conteúdo protegido!