Busca rápidaX

MANCHETES

Bolsonaro: “Acabei com a Lava-Jato porque não tem mais corrupção no governo”

7 de outubro de 2020
Foto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse na tarde desta quarta-feira, durante solenidade no Palácio do Planalto, que acabou com a Operação Lava-Jato porque “não existe mais corrupção no governo”.

A declaração foi feita durante cerimônia de lançamento do programa Voo Simples.

“Queria dizer a essa imprensa maravilhosa nossa que eu não quero acabar com a Lava-Jato… eu acabei com a Lava-Jato porque não tem mais corrupção no governo”, disse Bolsonaro, que foi aplaudido pelas autoridades presentes.

“Eu sei que isso não é virtude, é obrigação. Para nós, fazemos um governo de peito aberto”, acrescentou o presidente.

76ª etapa da Lava Jato ocorreu hoje
Com 76 etapas deflagradas desde 2014, a operação Lava Jato frequentemente usa elementos obtidos durante a investigação para montar o quebra-cabeças com evidências ao apresentar novas denúncias e pedir maior apuração de seus desdobramentos.

Em setembro, a subprocuradora Maria Caetana Cintra dos Santos, do Conselho Superior do Ministério Público Federal, prorrogou por um ano a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, em uma decisão liminar que contraria a cúpula da Procuradoria-Geral da República.

Na manhã de hoje, a Polícia Federal deflagrou nova fase da Operação Lava Jato, batizada de “Sem limites III”. Os agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão na cidade do Rio de Janeiro. As ações, segundo a corporação, tiveram como objetivo aprofundar as investigações sobre supostas práticas criminosas cometidas na diretoria de Abastecimento da Petrobras, especificamente na gerência executiva de Marketing e Comercialização.

Em seis ano e meio, a lista de pessoas condenadas na operação Lava Jato só aumentam: nomes importantes como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, José Dirceu, Marcelo Odebrecht, Eduardo Cunha, Nestor Cerveró, entre outros.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Correio Brasiliense.
error: Conteúdo protegido!