Busca rápidaX

Brasil e China buscam estreitar relações comerciais a partir de Ijuí

18 de outubro de 2019
Comitiva chinesa esteve em Ijuí, e participou da programação da Expo-Ijuí/Fenadi

A comitiva que participou do Seminário Brasil-China, realizado na noite de quinta-feira na Expo-Ijuí, recebeu a imprensa para coletiva no Hotel Vera Cruz na manhã de hoje.

O evento foi realizado através de parceria entre o Fórum Ijuí Mais e a Frente Parlamentar Brasil-China da Assembleia Legislativa do RS.

O presidente da Câmara de Desenvolvimento e Comércio Brasil-China no País, Fábio Hu, falou sobre a importância da troca de experiências entre as duas nações. “Uma missão brasileira já foi à China em maio, e os representantes puderam ver como a China está crescendo e como existem oportunidades de negócios com o Brasil”, destacou Hu.

Há 17 anos no Brasil fazendo o intercâmbio comercial entre os dois países, ele destacou a necessidade de as empresas gaúchas diversificarem as exportações para o país asiático. “O Rio Grande do Sul tem um grande potencial na produção de alimentos, há vários anos já se vende grãos para a China. Atualmente estamos iniciando o comércio de outros produtos, como o leite. Hoje, só 10% do que sai do Sul para a China não é produto primário, e aproximar os empresários vai nos ajudar a diversificar essa relação comercial”, disse.

O presidente da Câmara de Comércio e Desenvolvimento Internacional Brasil-China Sul, Paulo Tigre, também esteve em Ijuí. Segundo ele, tão relevante quanto aumentar as exportações para a Ásia, é trazer investimentos chineses para projetos em solo gaúcho. “De 2007 para cá, em termos de projetos, foram mais de R$ 98 bilhões investidos por chineses no nosso País. Desse total, só 11% ficará na região Sul, entre os três Estados. Nossa missão é aumentar essa participação, melhorar o ambiente de competitividade de negócios. A China já é nosso maior parceiro comercial, e agora precisamos de menos confrontos e mais encontros”, frisou Tigre.

Presidente da Frente Parlamentar da AL-RS que buscar fomentar negócios entre Brasil e China, o deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) parabenizou a iniciativa dos empresários ijuienses, ao afirmar que o estreitamento das relações com o país asiático é uma iniciativa inovadora e com grande potencial.

“Nós já temos uma vocação para a produção primária, mas temos que agregar valor, não é possível que o Estado fique dependo da venda de commodities, pois isso não gera impostos, nem riqueza distribuída. Por isso, a aproximação com a Câmara Brasil-China é muito relevante”, afirmou.

O exemplo a ser seguido é o município de Santiago que, através do poder público e iniciativa privada, criou uma agência de desenvolvimento para elaborar projetos de infraestrutura.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!