Busca rápidaX

Campanha Coração Quente arrecada quase 2 toneladas de alimentos

9 de abril de 2020

Foi concluída no fim da tarde de hoje (09) a campanha Coração Quente, promovida pela Rádio Progresso com o objetivo de arrecadar alimentos que serão destinados às famílias carentes. Em apenas um dia de duração, a iniciativa arrecadou 1,9 mil quilos de alimentos, além de produtos da agricultura familiar como mandiocas e morangas doados por pequenos produtores rurais do município, o que somou quase 2 toneladas de mantimentos.

Neste ano, em função da pandemia de Coronavírus, a campanha Coração Quente também pediu a doação de itens de higiene pessoal. O resultado foi a arrecadação de 63 kits de higiene, que contém 6 itens cada, que também serão repassados às famílias carentes. Conforme a secretária de Desenvolvimento Social, Romi Rohde, a campanha foi um sucesso, já que além de alimentos e kits de higiene, também foram arrecadados cobertores para famílias em situação de vulnerabilidade social no município.

A equipe da Rádio Progresso esteve durante toda a manhã e fim da tarde acompanhando as doações e conversando com a população que foi até a secretaria. O discurso das pessoas que efetuaram as doações era de que este é um momento de unir forças e que, mesmo em pouca quantidade, cada alimento entregue representa uma refeição para famílias que passam por dificuldades. 

A primeira dama Jussara Bonamigo Heck esteve presente na ação e ressaltou que esta é uma campanha promovida pela Rádio Progresso há anos. Esta é a quarta edição da promoção. Segundo ela, o momento não permitiu que uma festividade, com atrações culturais fosse promovida. No entanto, mesmo em um curto espaço de tempo, foi possível uma grande arrecadação. Além disso, Jussara frisou que esta ação deve ser tomada como exemplo por outras entidades, para que, através de uma corrente de solidariedade, esse momento seja enfrentado.

Na próxima segunda-feira, a Secretaria de Desenvolvimento Social vai organizar os itens arrecadados em cestas, que serão levadas aos Centros de Referência em Assistência Social, os CRAS, para a distribuição às famílias carentes cadastradas em programas sociais. Romi Rohde ainda aproveitou para explicar que, em virtude das regras de distanciamento social, a distribuição de cestas básicas foi limitada a 50 unidades por dias em cada CRAS, mas a partir da próxima semana mais famílias serão chamadas para que recebam os alimentos e kits de higiene.

Algumas doações ainda serão feitas na segunda-feira.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí