Busca rápidaX

MANCHETES

Campanha de vacinação contra paralisia infantil começa amanhã em Ijuí e região

4 de outubro de 2020

A Campanha Nacional de vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação 2020 começa amanhã. O público-alvo desta campanha são as crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade que deverão ter a situação vacinal avaliada e atualizada para as vacinas de rotina, e todas as crianças de 1 ano de idade a menores de 5 anos deverão receber a dose da vacina oral contra a poliomielite, a famosa “gotinha”, que atua contra a paralisia infantil.

Segundo a 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, que abrange 20 municipios, referente a campanha de multivacinação, um total de 45 mil 135 pessoas precisam atualizar a situação vacinal. No que se refere a poliomielite, que é a tradicional campanha da gotinha, que atua contra a paralisia infantil, são 10 mil 591 crianças de um aos cinco anos que precisam  receber a dose. Segundo a responsável pelo Setor de Imunizações DA 17ª CRS, Patrícia Ildebrandt, como se trata de campanha de atualização da situação vacinal, não há meta para este público.

Quanto as doses de vacina para multivacinação, como é apenas atualização de situação vacinal, os municípios solicitam conforme demanda das salas.

Para a campanha da poliomielite (gotinha) estarão disponíveis aproximadamente 12 mil doses, segundo a coordenadora.

 Em Ijuí, segundo a coordenadora do setor de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, Salester Ruver, xistem 1160 crianças de um ano, 891 com dois anos, 897 crianças com três anos e 913 com quatro anos de idade. No total, são 3886 crianças, e a meta é imunizar, no mínimo, 95% delas.

Além disso, adolescentes a partir dos nove anos até os 14 anos de idade devem atualizar as carteiras de vacinação. No total, são 12 mil 244 pessoas. Para receber a dose, é necessário levar a carteira de vacinação e o cartão SUS.

A campanha termina no dia 30, mas para agilizar o processo, no dia 17 deste mês haverá o ‘Dia D de vacinação’, quando todas as 13 salas de Ijuí estarão abertas o dia todo sem fechar ao meio dia. Porém, devido a pandemia, algumas modificações serão  adotadas, segundo Salester Ruver, entre elas, a modificação dos espaços físicos das Unidades para que não haja o acúmulo de pessoas, limitar o número de familiares que acompanham as crianças, deixar o espaço físico bem ventilado e desinfetado, flexibilizar horários de atendimento e quem sabe utilizar espaços ao ar livre em algumas unidades, principalmente no caso das crianças que só precisam receber a gotinha.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!