Busca rápidaX

MANCHETES

Campanha “Imposto que Rende” quer aumentar doações para entidades de Santo Ângelo

23 de dezembro de 2019
Foto: Fernando Gomes / Prefeitura de Santo Ângelo

Aumentar o número de doações de parte do Imposto de Renda para as causas sociais é o objetivo da campanha Imposto que Rende lançada na manhã desta segunda-feira (23) na Acisa. A ideia sensibilizar os contribuintes para que disponibilizem parte do seu Imposto de Renda para uma das 17 instituições cadastradas no Programa Rugido do Bem e que investem no bem-estar social da criança, adolescente e idoso.

Pela lei, até 31 de dezembro, o contribuinte pode doar até o limite de 6% do imposto devido. O contribuinte pode, inclusive, escolher junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança do Adolescente (Comdica) e do idoso, as instituições ou projetos que queira incentivar, dessa forma, pode acompanhar o desenvolvimento dessas iniciativas, constatando que seus recursos estão sendo utilizados para a melhoria de vida de algum grupo.

No entanto, existe uma exceção. O contribuinte pode efetuar doação após o encerramento do ano, e antes da entrega da declaração do IR 2020. Neste caso, a dedução fica reduzida e limitada a 3% do imposto devido na declaração.As pessoas jurídicas enquadradas no Lucro Real – e recolhendo – poderão redirecionar parte do IR, em até 1% da parte devida

A destinação dessa porcentagem do IR não representa nenhum gasto extra da parte do contribuinte. Basta indicar essa destinação no momento da declaração do IR de pessoa física.

No lançamento da campanha, o prefeito Jacques Barbosa destacou que existe um campo muito grande para que as doações sejam aumentadas, pois o valor que pode ser alcançado em Santo Ângelo é de cerca de R$ 3,5 milhões e no último exercício se chegou a apenas meio milhão de reais. “Temos que unir forças. O poder público não pode arcar com todas as despesas, mas não adianta ficar chorando, dizendo que não tem dinheiro. Um governo se move por atitudes, por isso, pensamos nessa campanha e vamos sensibilizar a sociedade, que tem na essência um povo hospitaleiro e fraterno”.

Segundo o prefeito, as entidades assistenciais são movidas por pessoas que destinam seu tempo a auxiliar o próximo. “Se não fosse essas pessoas, teríamos séries dificuldades para atender crianças, adolescentes e idosos”.

O prefeito ainda anunciou que a Central de Atendimento à Comunidade, que funciona no saguão da Prefeitura, está à disposição para auxiliar aos contribuintes, com esclarecimentos de dúvidas e auxílio na declaração. Também saudou a participação dos contadores do Município. “Os contadores são peças-chave na campanha e engajados nos auxiliarão muito”.

Junior Moro, da Agência Belif, apresentou as peças publicitárias da campanha e foram distribuídos materiais de divulgação e adesivos da campanhas e das próprias entidades que podem receber doações.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Assessoria de imprensa da Prefeitura de Santo Ângelo

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!