Busca rápidaX

MANCHETES

Campeonato Superlux é lançado e promoverá uso racional de energia elétrica em Ijuí

26 de setembro de 2021

Sexta-feira, 24, aconteceu o lançamento do Campeonato SuperLux, junto ao auditório do Espaço Mais Inovação da Unijuí. A competição envolverá alunos das redes municipal, estadual e particular de ensino de Ijuí, com o objetivo de promover o uso consciente da energia elétrica, de modo dinâmico e interativo. O ato aconteceu de forma híbrida, contando com a presença de representantes das escolas e transmissão pelo canal da Unijuí no Youtube. 

Conforme explicou o professor Maurício de Campos, coordenador do Grupo de Automação Industrial e Controle (Gaic) da Unijuí, a ação faz parte do projeto “Educação em Eficiência Energética: construindo um futuro sustentável II”, que tem o Departamento Municipal de Energia de Ijuí (Demei) como contratante, por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel); como contratada a Unijuí e como executor o Gaic.

“Em 2012, realizamos o primeiro projeto de Educação em Eficiência Energética, e realizamos palestras aos estudantes do Ensino Médio. Naquele ano, registramos uma significativa mudança de comportamento dos consumidores, com redução no consumo de energia na cidade. Também percebemos, em meio a este processo, que as crianças eram mais empenhadas em economizar”, explicou o professor, lembrando que o projeto sofreu uma pausa e foi retomado em 2018, com sua reformulação para os anos de 2019 e 2020. “Mantivemos a realização de palestras no Ensino Médio e ampliamos nossos objetivos, que eram a realização de jogo educacional, contação de histórias e teatro para as crianças.”

Somente em 2019, 14 escolas de Ensino Médio foram envolvidas, além de cerca de 9.850 estudantes. A pandemia forçou uma readaptação e as atividades migraram para o canal ConscientizAção, no Youtube. Agora, jovens e crianças serão desafiados a participar de uma competição, que será dividida em duas fases: a etapa SuperLux, em que os inscritos irão participar de um jogo eletrônico, desenvolvido por estudantes e professores dos cursos de Engenharia Elétrica, Ciência da Computação e Design; e a etapa Mundo Real, em que os jogadores deverão aplicar os conhecimentos obtidos através do jogo em suas residências, colaborando para redução do consumo de energia e promovendo a integração familiar.

O jogo eletrônico, disponível para smartphones com Android, foi desenvolvido para o público de 7 a 8 anos, mas pode ser acessado por outras faixas etárias, “desde os pequenos até os maiores, do Ensino Médio”, como lembra o professor Maurício. Os participantes criam um avatar e esse personagem caminha por uma casa, onde um ‘monstrinho’ acende a luz de cômodos sem ninguém dentro, liga a TV quando ninguém está assistindo, aumenta o tempo do banho… O participante precisa ir corrigindo esses problemas. Conforme ela vai corrigindo, vai passando de fase.

Já na etapa Mundo Real, os participantes deverão colocar em prática os aprendizados com o jogo. A criança vai preencher um formulário pela internet, informando o consumo de energia daquele mês em que jogou, e vai competir com o ano anterior para ver se ela realmente está aprendendo as ações e está conseguindo incorporá-las ao dia a dia.

Na avaliação do vice-reitor de Administração da Unijuí, professor Dieter Siedenberg, é muito importante para a Instituição fazer parte de um projeto como este, que inclui escolas da Educação Básica. “Dessa forma, qualificamos a missão da universidade enquanto instituição comunitária”, disse.

Diretor-presidente do Demei Distribuição, Marco Aurelio Sikacz falou sobre a importância de promover este projeto em um momento de crise energética no País. “Nós, talvez com uma ação pequena, consigamos conscientizar nossos futuros consumidores de algo tão importante, que é o consumo racional, moderado de energia”, disse.

Titular da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Evelise Berlesi falou da satisfação em conhecer mais uma possibilidade de aprendizagem, de mudança de cultura e atitude. Lembrou que a proposta envolverá, somente nas escolas da zona urbana de Ijuí, 7,8 mil alunos. 

Segundo o coordenador pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, José Augusto Fiorin, a proposta dialoga com as ideias e concepções da educação que a própria Base Nacional Comum Curricular (BNCC) aponta. “O projeto nos permitirá um novo olhar perante a realidade que se apresenta, de crise energética”, reforçou.

Inscrições e premiação

Podem participar do Campeonato SuperLux estudantes que residem na área urbana de Ijuí – na área de concessão do Demei. As inscrições devem ser realizadas pelo site www.superlux.unijui.edu.br, de 27 de setembro a 31 de outubro.  Todo participante deverá apresentar a documentação solicitada e seguir as regras exigidas para que a inscrição seja validada.

Os estudantes que obtiverem a maior pontuação receberão um tablet (1º lugar) e um smartphone A12 da Samsung (2º lugar). Será sorteado um smartphone A12 da Samsung entre os participantes da competição e  outro, de mesmo modelo, para os inscritos no canal. Professores destaques receberão um notebook (1º lugar) e  um smartphone A12 da Samsung (2º lugar). As escolas destaques concorrem a um projetor multimídia e notebook (1º lugar) e um projetor multimídia (2º lugar). Também será entregue o Selo de Escola Consciente às instituições participantes.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí e Unijuí
error: Conteúdo protegido!