Busca rápidaX

MANCHETES

Cão desaparecido há 13 anos volta pra casa

24 de fevereiro de 2020
Remi volta para a família - Fotos: CBS DFW

Um cão desaparecido há mais de 13 anos voltou para os donos depois de ser identificado por um microchip. Remington, ou Remi – como é chamado carinhosamente – é da raça Yorkshire Terrier e foi encontrado este mês por especialistas em regate. Ele estava Fort Worth, a 428 km da casa da família, que fica em Houston, nos EUA. Ainda não está claro como o cão sobreviveu durante todo esse tempo sozinho.

De acordo com a Saving Hope, o cachorro foi roubado do quintal da família quando tinha apenas nove semanas. Os donos procuram por ele durante meses e só o reencontraram agora.

O resgate

Remi foi resgatado graças a uma ligação de um cidadão que ficou preocupado com um post no Facebook, que mostrava o bichinho magro, ferido e “terrivelmente emaranhado”. Ele ligou para funcionários da Fort Worth Animal Care & Control, que foram até o local e encontraram o cachorrinho.

Eles acionaram outro grupo, chamado Saving Hope, para rastrear o histórico de propriedade de Remi. As duas organizações compartilharam imagens do cachorro nas redes sociais.

“Ele estava coberto de sujeira, tinha uma ferida aberta no rosto e quase não se reconhecia”, disse Saving Hope no Facebook. Como o cão era microchipado foi fácil entrar em contato com seu legítimo dono e descobrir o mistério do cachorro.

O reencontro

Este mês Aaron Webster recebeu um telefonema da ONG Saving Hope Rescue, dizendo que Remi havia sido encontrada vivendo nas ruas. “Aaron e sua esposa e seus três filhos crescidos ficaram entusiasmados e felizes por finalmente receberem Remi de volta à sua casa. [Ele] será amado por sua família pelo resto de seus dias “, escreveu a ONG.

A Webster informou à CBS DFW, que o cão está se recuperando bem após alguns dias de descanso. Disse que ele parece estar cego, mas “saudável para o coração”.

“Obrigado a Saving Hope por ajudar a tornar essa reunião possível, e à família de Remington por microchipá-lo e atualizar suas informações de contato enquanto eles continuavam pesquisando. Lembre-se de que os microchips são uma maneira permanente de identificar seu animal de estimação se ele desaparecer!”, lembrou o Fort Care Animal Care & Control no Facebook.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Só Notícia Boa

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!