Busca rápidaX

Casa onde vivia menino de dois anos morto pelo padrasto pega fogo durante a madrugada

11 de dezembro de 2018
Foto: Corpo de Bombeiros/Encruzilhada do Sul

O Corpo de Bombeiros de Encruzilhada do Sul foi acionado por volta das 2h20 na madrugada de hoje (11) para conter um princípio de incêndio. O caso aconteceu na casa onde morava o menino Enzo Gabriel Quintana Dilenburg, de 2 anos.

A criança foi espancada até a morte na última quarta-feira. A suspeita é que o padrasto do menino, Jonatas Gomes De Melo, de 32 anos, tenha cometido o crime. Ele foi preso na noite da última quinta-feira, no Bairro Santa Vitória, em Santa Cruz, e confessou ter agredido Enzo.

Conforme o Corpo de Bombeiros de Encruzilhada do Sul, o incêndio pode ter sido criminoso, mas as causas ainda são desconhecidas. O fogo destruiu parte da residência e ninguém ficou ferido.

Compartilhar
  • 120
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    120
    Shares
Fonte: Gaz - Gazeta online
error: Conteúdo protegido!