Busca rápidaX

MANCHETES

Caso de coronavírus no Estado é leve

10 de março de 2020
eduardo leite

Foi confirmado nesta terça-feira (10), o primeiro caso de coronavírus no Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada pelo Governo do Estado e a Secretaria Estadual da Saúde em coletiva no Palácio Piratini. O paciente é de Campo Bom, tem 60 anos e retornou de uma viagem a Milão na Itália. O quadro de saúde dele é leve e portanto não demanda internação. 

O paciente ficou na Itália entre os dias 16 e 23 de fevereiro e apresentou os sintomas no dia 29. Segundo o governador Eduardo Leite, como passaram mais de 14 dias desde o vôo de retorno, não há necessidade de procurar a lista de passageiros para buscar casos do covid-19. O paciente foi atendido na rede particular de saúde no dia 1° de março e usou uma máscara quando foi até o local. Ele apresentava sintomas de tosse e febre. Como o quadro é brando, não houve necessidade de medicação específica para combater o coronavírus, bastando, de acordo com a secretaria de saúde, o resguardo e o isolamento domiciliar. O homem de 60 anos está sendo monitorado diariamente e a tendência é que apresente melhoras até o dia 16, que é o período em que o vírus resiste no organismo. Nenhum familiar do paciente apresentou sintomas.

O Governador informou que dos 190 casos suspeitos de coronavírus no Estado, 103 foram descartados, restando 86 casos suspeitos que são analisados e monitorados. Os casos investigados são de pessoas que viajaram para países onde há transmissão do vírus e apresentam sintomas. Leite ressaltou que o Estado se preparou para este momento e que não há razões para alarmar a população. O Governador ainda reforçou a recomendação de evitar o hábito de compartilhar o chimarrão e ampliar os atos de higiene pessoal.

De acordo com a secretária de saúde do RS, Arita Bergmann, o Governo planejou todas as medidas para combater o vírus com um centro de operações de emergência que monitora os casos suspeitos e atualiza diariamente as estratégias de prevenção ao coronavírus. Caso haja a necessidade de internação em situações de pacientes mais graves, cinco hospitais estão aptos a fazerem o atendimento, entre eles, o Hospital São Vicente de Paula em Passo Fundo, além de instituições na Capital e região metropolitana. Com a confirmação do primeiro caso, o Estado entra no nível 1, que é atualizado a cada 100 casos, segundo Arita Bergmann, e não é necessário tomar medidas mais drásticas, pois o Governo está organizado para enfrentar a situação.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!