Busca rápidaX

Casos de dengue e alto índice de infestação de Aedes aegypti levam região de Ijuí a desenvolver ações especiais

23 de maio de 2019
Três Passos aumenta mobilização após mais de 40 casos de dengue

Os casos confirmados ou suspeitos de dengue em Ijuí e região fazem com que o poder público intensifique ações, com pedido para que a população ajude em manter locais limpos, sem acumulo de água, para evitar o mosquito Aedes aegypti.

Durante entrevista nesta manhã na RPI, a responsável pelo combate ao inseto em Ajuricaba, Anelise Appel Schneider, comentou que ontem foi diagnosticado mais um caso suspeito de dengue no município. Com isso, são três pessoas com suspeita da doença.

Destacou que 80% dos focos do mosquito estão, principalmente, em lonas, que ficam a céu aberto. Também preocupa o lixo eletrônico descartado de forma irregular. Anelise Appel Schneider observou que 90% dos focos positivos do Aedes aegypti em Ajuricaba estão nos pátios de residências, o que evidencia a necessidade dos moradores zelarem pela limpeza.

Nesse ano, o Executivo ajuricabense já aplicou duas multas por falta de cuidado em relação à dengue. O valor mínimo é de 500 reais. Ainda pela região, o município de Tenente Portela registra 27 casos confirmados de dengue e Santo Ângelo, 26.

Contudo, uma epidemia de dengue atinge o município de Sarandi, que já confirma mais de 100 casos.Em Três Passos são 41 casos. Seis técnicos da secretaria estadual da Saúde foram enviados à Três de Passos para auxiliar os agentes no combate das endemias.

No município de Augusto Pestana, o índice de infestação predial do Aedes aegypti está em de 3,1, o que coloca o município em situação de alerta. A secretaria de Saúde pestanense projeta realizar um mutirão de visitas em todos os imóveis da cidade e entorno do perímetro urbano, a fim de eliminar os criadouros do inseto.

Em Ijuí, ontem foram confirmados mais cinco casos de dengue. São três autóctones, um importado e outro aguarda análise. O total de pessoas infectadas com a doença já chega a 23 e mais de 40 pacientes ainda aguardam o resultado de exames. De acordo com coordenador da Vigilância Ambiental de Ijuí, Rinaldo Pezeta, o índice de infestação no município é de 3,4%. O bairro Herval é um dos mais afetados.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!