Busca rápidaX

MANCHETES

Casos de estelionato aumentam 362% em três anos, em Ijuí

13 de janeiro de 2022

O famoso crime do “171”, configurado pela ação de enganar para tirar vantagem, formalmente conhecido como estelionato, fez 609 vítimas somente em 2021, em Ijuí.  Alguns golpes comuns, são o do bilhete premiado, do falso emprego, do aluguel de casa na praia que exige calção, sem ter casa, entre outros. 

O alto número de casos representa um aumento de 362,5% em relação a 2019, quando foram registrados 168 casos do mesmo crime, em Ijuí. Os dados constam no Relatório de Indicadores Criminais do Rio Grande do Sul, apresentado na manhã desta quinta-feira, 13, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).  Em 2020, foram registrados 433 estelionatos em Ijuí. 

Se comparados os dados dos últimos três anos, o município registrou aumento apenas nos casos de estelionato, e redução significativa em outros crimes, como furtos. Em 2019 foram registrados 761 casos, em 2020 foram 842 e em 2021, 542. O número de casos de roubos também reduziu, de 88 em 2019 para 47, em 2021.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!