Busca rápidaX

Cerca de 200 apartamentos nos condomínios populares de Ijuí estão desabitados ou com processo de irregularidade

25 de julho de 2021

Um terço dos moradores do condomínio Júlio Taube, no Bairro Tancredo Neves em Ijuí, já podem reivindicar a escritura de propriedade dos apartamentos. O prazo de 10 anos para o pagamento das parcelas encerrou neste mês. A outra parcela dos apartamentos registram problemas de pagamento ou estão em processo por irregularidades. Neste caso, a Caixa Econômica Federal está averiguando cada situação.

Em todos os condomínios populares de Ijuí cerca de 20% dos apartamentos registram algum problema. São cerca de 200 habitações populares que estão desocupadas ou são ocupadas irregularmente. Conforme o vereador Beto Noronha (PT), presidente da comissão de habitação do Legislativo, o processo de destinação desses apartamentos para outras pessoas, que aguardam na fila, é muito moroso. ‘Não é um processo fácil. Cobramos da superintendência da Caixa uma solução, mas realmente é um processo difícil’, pontuou.

De acordo com o vereador, a comissão pediu à superintendência da Caixa que esses dados sejam compartilhados com a Secretaria de Habitação para acompanhar os processos. ‘É necessário que o município tenha a clareza das questões envolvendo as habitações’, finalizou Beto Noronha. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!