Busca rápidaX

Ceriluz considera positivo o programa gaúcho de incentivo às PCHs

17 de julho de 2017

O Programa Gaúcho de Incentivo às Pequenas Centrais Hidrelétricas deve alavancar este setor. A iniciativa foi lançada na última semana pelo governo gaúcho. A direção da Ceriluz participou do lançamento em Porto Alegre. 

Por parte da cooperativa de eletrificação rural de Ijuí, havia expectativa do anúncio da liberação de licenças de instalação de projetos, no entanto isso não ocorreu.

De acordo com o presidente, Iloir de Pauli, para viabilizar os empreendimentos, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental elaborou novos critérios que facilitam e agilizam o licenciamento ambiental de usinas. 

Entre as mudanças está a definição dos rios que são aptos para construção de usinas, visto manutenção dos cursos de água. Conforme Iloir de Pauli, o estudo mostra que os rios onde estão os projetos da Ceriluz são todos aptos para receber usinas. 

Um dos projetos da Ceriluz é da edificação da usina PCH Centenária, no rio Potiribú, em Ijuí, que vai produzir 20 vezes mais energia elétrica do que a atual Usina Velha, que pertence ao município. O custo estimado é de 45 milhões de reais.

Durante lançamento do Programa Gaúcho de Incentivo às Pequenas Centrais Hidrelétricas, semana passada em Porto Alegre, a PCH João do Passo, a ser construída em Panambi, recebeu da Fepam a licença de instalação. O prefeito panambiense, Daniel Hinnah, e o secretário municipal de Agricultura, Indústria e Comércio, Rafael Jacques de Oliveira, acompanharam o ato em Porto Alegre.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!