Busca rápidaX

Ceriluz deverá vender prédio onde funcionava sede até final de 2017

4 de janeiro de 2018

A Ceriluz avalia o destino do prédio onde funcionou a sede da cooperativa, ao lado da viação férrea, centro da cidade de Ijuí, visto a transferência das atividades para novo local, imediações da BR 285 e Hospital Bom Pastor. O presidente, Iloir de Pauli, explica que a intenção da diretoria é vender o prédio e aplicar o dinheiro na geração de energia, pois é preciso ter produção acima da necessidade.

Porém, ainda existe possibilidade de fazer locação do imóvel. Por outro lado, Iloir de Pauli observa que nesse ano a Ceriluz pretende estender a fibra óptica para os municípios de Augusto Pestana, Catuípe, Ajuricaba e Nova Ramada, com atendimento da cidade e interior. Com isso, associados poderão ter acesso à internet. Em Bozano e Coronel Barros a Ceriluz já estendeu fibra óptica para, praticamente, todas as áreas. Em Ijuí a cobertura está em cerca de 60%. O único custo do associado é referente ao roteador, a ser instalado na residência.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!