Busca rápidaX

Chamado de “ejaculação precoce” por Bolsonaro, Doria compara fala de Bolsonaro à de Lula

4 de setembro de 2019

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reagiu, nesta quarta-feira (4/9), a uma fala do presidente Jair Bolsonaro, que o definiu como “ejaculação precoce”, ao comentar as chances do tucano de se eleger presidente em 2022.

A fala de Bolsonaro ocorreu pela manhã, ao dar entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. Perguntado sobre a possibilidade de Doria vir a ser seu oponente nas próximas eleições, o presidente disse não ver grandes chances de vitória do governador, que seria uma “ejaculação precoce” por não ter apoio popular.

Bolsonaro admitiu que pode concorrer à reeleição em 2022 “se estiver bem lá”. Já Doria, afirmou, deveria pensar em 2026. Após a repercussão da fala de Bolsonaro, Doria disse que o presidente comete o mesmo erro de Lula, que, segundo ele, também menosprezou sua força eleitoral.

“O Lula também falava isso, em 2016, quando me apresentei pré-candidato do PSDB. E, para tristeza do hoje presidiário Lula, eu não só ganhei as eleições na capital como ganhei no primeiro turno do Fernando Haddad”, disse, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Em seu perfil no Instagram, Bia, esposa de Doria, chamou as frases de Bolsonaro de “expressões chulas” e que elas “desrespeitam a família brasileira”.

“Como mulher, mãe e primeira-dama do Estado de São Paulo, repudio com veemência as declarações do Presidente da República, que usa expressões chulas, que ferem e desrespeitam a família brasileira e a importância do cargo que ocupa”, escreveu Bia.

View this post on Instagram

Como mulher, mãe e primeira-dama do Estado de São Paulo, repudio com veemência as declarações do Presidente da República, que usa expressões chulas, que ferem e desrespeitam a família brasileira e a importância do cargo que ocupa. BIA DORIA

A post shared by Bia Doria (@biadoria) on

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Correio Brasiliense.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!